Logo Estácio



NOTÍCIAS

A carioca Chloé Calmon conquista a etapa da World Surf League em Portugal



Estácio - 26/06/2017 às 11:31

Em condições desafiadoras, ondas grandes, vento e água gelada, Chloé Superou a campeã asiática Natsumi Taoka nas quartas, a ex-campeã mundial da California Lindsay Steinriede na semi-final e venceu outra californiana campeã mundial na grande final, Rachel Tilly. Chloé também venceu este evento no ano passado e passa a ser a primeira bi-campeã do tradicional campeonato europeu.

Com um recorde incrível de 24 pódios nas últimas 24 competições ( com vitórias importantes em Papua Nova Guiné, Portugal, California, Australia, Mexico e Santos, entre outras..) Chloé não fica fora do pódio desde 2014 ( quando venceu no México) e mostra uma consistência impressionante.

Segundo Leo Caetano ( ex-Diretor dos Jogos Olímpicos e autor do roteiro do filme Surf é coisa de Rico) , não existe na estatística do surf profissional uma performance como essa. A vitória de hoje ainda teve um gostinho especial, pois serviu de revanche da derrota na semi-final do mundial de 2015.

Segundo Chloé Calmon: “ Foi um dia muito desafiador, 3 baterias disputadas em cerca de 4 horas, quase sem intervalo, em um mar difícil, muita correnteza e agua gelada.. Mas consegui me concentrar, treinei muito para chegar onde estou, são quase 10 anos de dedicação e trabalho duro. Quero agradecer às milhares de pessoas que me mandaram mensagens, minha caixa de mensagem estourou..hahahaha.... Vejo vocês em breve no Brasil!! Muito obrigada!!!

Chloé Calmon é apoiada pela Estácio por meio do pilar Esporte do Programa de Responsabilidade Social Corporativa da Estácio – Educar para Transformar.

 
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1

Palestra de Rafaela Silva em Capapicuíba/SP



Estácio - 04/06/2017 às 16:24

Rafaela Silva, atleta do Time Estácio, ministrou uma palestra no 1º Workshop de Integração Comercial do Núcleo Metropolitano/ SP, no dia 30 de maio na Unidade da Estácio de Carapicuíba.

No mesmo dia, Rafaela Silva concedeu uma entrevista ao Esporte Fantástico da TV Record. O programa foi exibido no dia 10 de junho de 2017.

Link: http://esportes.r7.com/esporte-fantastico/videos/rafaela-silva-conta-sobre-as-brincadeiras-da-sua-infancia-10062017

 
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1

Estácio apoia Rio Bike Fest



Estácio - 31/06/2017 às 9:10

A 1ª edição do Rio Bike Fest aconteceu entre os dias 26 e 28 de maio e marcou a reabertura do Velódromo no Rio de Janeiro/RJ.

A programação do evento contou com Campeonato Estadual de Pista 2017, Passeio Ciclístico de 20km, apresentações de BMX Freestyle, Expor Fair e muitas opções gourmet para toda família.

Cerca de três mil pessoas marcaram presença no evento. A Estácio, como apoiadora do evento, envolveu os alunos do curso de Educação Física, Fisioterapia e Comunicação Social.

 
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1

Zico realiza palestra no Centro Universitário Estácio do Ceará



Estácio - 05/06/2017 às 11:11

No dia 15 de maio, Zico ministrou uma palestra no Teatro Via Sul, em comemoração ao aniversário do Centro Universitário Estácio do Ceará. A Estácio é parceira da Escola de Futebol Zico10, por meio do Pilar Esporte, que está inserido no Programa de Responsabilidade Social da Estácio.

Antes do início da palestra, Zico participou de uma coletiva de imprensa. A abertura do evento contou com a apresentação de dança dos alunos do curso de Educação Física.

A entrada para o evento era a doação de 2kg de alimentos não perecíveis. O total doado foi de 800kg, destinados ao Lar Amigos de Jesus. O Lar realiza um trabalho de assistência social com as crianças e adolescentes carentes e com câncer.

Sobre a Escola de Futebol Zico10

A Escola de Futebol Zico10 possui 50 núcleos com uma média de 15 mil crianças em diversos estados do Brasil. O objetivo é oferecer a prática do esporte por meio de uma metodologia adequada à capacidade das crianças e adolescentes, ou seja, todo material é especifico para cada categoria cujas idades vão desde os 5 aos 16 anos. Com isso, a condição de sucesso se torna um estímulo aos alunos. A Escola de Futebol Zico10 forma cidadãos, pois, valores como disciplina, cooperação, responsabilidade dentre outros, são colocados em prática a cada aula.

A presença constante do próprio Zico nos núcleos é um grande incentivo não apenas para os alunos, mas também para professores e pais, contribuindo para uma integração perfeita e ratificando a importância dos valores. A parceria com a Estácio permite manter núcleos sociais para atender crianças não apenas no Centro de Futebol do Zico no Rio de Janeiro mas também em vários outros núcleos em cidades como Juiz de Fora e Vitória do Xingu.

 
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1

Campeã de longboard faz palestra na Estácio



Estácio - 05/06/2017 às 11:04

No dia 5 de abril, Chloé Calmon, atleta-aluna do Time Estácio, ministrou uma palestra para os alunos da unidade João Uchôa, no Rio de Janeiro. A atleta foi a grande vencedora da primeira etapa do mundial de longboard, que aconteceu no último dia 24 de março, em Papua Nova Guiné.

O apoio ao Esporte faz parte do Programa de Responsabilidade Social Corporativa da Estácio – Educar para Transformar.

 
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1

Ginastas de ponta do Flamengo iniciam carreira universitária na Estácio



Estácio - 11/04/2017 às 15:04

O Clube de Regatas do Flamengo e a Universidade Estácio de Sá estão de mãos dadas no desenvolvimento dos atletas no Brasil. Além da parceria de patrocínio direto para o FlaBasquete, a Estácio está proporcionando aos rubro-negros de outras modalidades olímpicas a oportunidade de se prepararem para o futuro, quando suas carreiras nos ginásios, piscinas e quadras se encerrarem. Por meio de bolsas de estudo parciais e integrais, a Estácio viabiliza a presença de representantes do Mengão em seus diversos campus, além do ensino à distância. Recentemente, a instituição abriu as portas para algumas das principais ginastas do Flamengo. Rebeca Andrade, Julie Kim Sinmon, Letícia Costa, Milena Theodoro, Isabelle Cruz e Maria Cecília são as mais novas universitárias. As meninas agora têm que alternar os estudos com suas rotinas de treinos no Mais Querido, convocações para a seleção brasileira, além de competições nacionais e internacionais.

“Estou no segundo período do curso de Administração. É de extrema importância o atleta compreender que, assim como qualquer outro trabalho, um dia o esporte chega ao fim. Enquanto isso, temos que dar o nosso jeito de conciliar os estudos com os treinos fortes, pois amanhã ou depois já estaremos trabalhando naquilo que estamos determinados a iniciar após anos como atleta. Para entrar no mercado de trabalho, precisaremos de uma graduação e até mesmo especialização, então não podemos deixar para depois oportunidades como essa que a Estácio está nos dando”, comenta Letícia.

Para Cláudia Romano, Diretora Executiva de Relações Institucionais da Estácio, a matrícula das meninas da Universidade vai muito além da graduação. “A Estácio acredita no desenvolvimento do esporte por meio da educação e no trabalho desempenhado pelo Flamengo na formação dos atletas. Por isso a parceria já existe há anos e tende e se preservar, porque na Estácio a gente entende que esporte e educação caminham juntos e tem um grande poder de transformação social”, declara a executiva.

Esta é uma iniciativa do Pilar Estácio no Esporte, que apoia mais de 300 atletas que fazem parte do Time Estácio.

 
foto-1
foto-1
foto-1

Atletas do Time Estácio conquistam medalhas na Copa São Paulo de Judô



Estácio - 11/04/2017 às 15:04

Nos dias 18 e 19 de março, em São Bernardo do Campo/SP, aconteceu a Copa São Paulo de Judô. O evento é um dos maiores torneios de judô do Brasil, pois reúne os melhores atletas do País em todas as categorias do masculino e feminino.

Bárbara Chianca Timo, aluna do curso de Marketing, conquistou o ouro na Copa São Paulo de Judô. Os judocas e alunos da Estácio que treinam na Associação de Judô Bastos, parceira da Estácio, também conquistaram medalhas. Ronnie Warlley Ribeiro Gomes, aluno do curso de Processos Gerenciais, conquistou a medalha de prata e Rodrigo Nascimento de Araújo, aluno do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, ganhou duas medalhas de ouro na competição.

 
foto-1
foto-1
foto-1

Atleta do Time Estácio vence a 1ª etapa do Mundial de Longboard



Estácio - 11/04/2017 às 12:15

A carioca Chloé Calmon, de apenas 22 anos, foi a grande vencedora da primeira etapa do Mundial de Longboard, disputada nas ondas de Uligan Bay, em Tupira, Papua Nova Guiné.

Na grande final, Chloé superou a campeã havaiana Crystal Walsh. Depois de superar Honolua Blomfield, também do Havaí, na semifinal, Chloé bateu Crystal com uma virada espetacular na última onda.

O confronto foi muito equilibrado e a havaiana chegou a disparar na frente com 7.03 e 8.33, mas Chloé, que até então tinha 6.67 e 6.27, reagiu com 8.57. Antes de virar, a brasileira chegou a bater na trave, mas caiu numa boa onda ao ser atrapalhada novamente em um galho de arvore boiando (já tinha acontecido nas quartas de final). Nessa onda, Chloé buscava 6.79 e fez 6.70, ficando atrás na disputa por apenas 0,09 pontos.

Guerreira, a jovem carioca insistiu na virada e foi recompensada na última onda ( faltando menos de um minuto para a bateria acabar), arrancando 7.20 dos juízes.

“Eu sempre sonhei em ganhar um evento, mas isso é completamente diferente de qualquer coisa que já pensei como seria”, falou a carioca. “Este foi o primeiro campeonato em que deixei de lado a minha competitividade e fui apenas para me divertir, então foi ótimo finalmente encontrar esse equilíbrio. Desde a estreia, fiquei muito contagiada com a energia local e feliz comigo mesma. Sou muito grata por estar neste local incrível com todas essas ótimas pessoas, e se eu tivesse ficado em primeiro ou segundo, estaria feliz da mesma forma”, comentou Chloé.

A campeã falou também sobre a acirrada final em Uligan Bay e destacou o suporte da torcida. "Foi incrível ver tantas pessoas torcendo por mim ( a audiência lotou cada centímetro da praia, das copas das arvores, com pessoas que vieram de lugares distantes só para ver a competição) , junto com os meus amigos, me apoiando nessa final. Crystal estava surfando demais e eu sabia que precisaria fazer tudo o que pudesse para vencê-la depois de surfar contra Honolua (Blomfield) na semifinal. Esta é uma grande vitória para mim e para o Brasil e conquistar isso é uma sensação muito boa - sei que sou capaz de realizar quando eu preciso. É uma honra subir no lugar mais alto do pódio com a nossa bandeira verde e amarela”.

 
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1

Basquete do Flamengo apoiado pela Estácio participa de ativação na unidade de Manaus



Estácio - 27/03/2017 às 16:13

Entre os dias 8 e 11 de março, o time de Basquete do Flamengo, apoiado pela Estácio, esteve em Manaus para disputar o clássico Flamengo x Vasco pela 25ª rodada do NBB. Na ocasião, a Estácio teve a oportunidade de envolver os alunos e docentes da Unidade Constantino Nery. Os alunos participaram dos treinos e receberam a equipe do basquete no Campus, onde foi realizada a ação “acerte a cesta”, premiando os estudantes com ingressos para assistir ao jogo.

 
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1

Confira as últimas conquistas do Time Estácio



Estácio - 14/03/2017 às 15:45

No dia 5 de março, os atletas do Time Estácio conquistaram o título de duplas no tênis. André Sá, aluno do curso de Administração EAD conquistou o título no Brasil Open e Bruno Soares, aluno de Marketing EAD, conquistou o título ATP 500 de Acapulco, no México.

 
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1

Instituto Reação ganha novos equipamentos esportivos



Estácio - 02/02/2017 às 10:45

No dia 22 de dezembro de 2016, o Consulado Geral do Japão no Rio de Janeiro, dentro do programa de Assistência a Projetos Comunitários Culturais do Governo do Japão, fez uma doação para instalação de novos equipamentos esportivos no Polo Cidade de Deus do Instituto Reação. A assinatura do compromisso contou com a presença de Tsuyoshi Yamamoto, cônsul geral do Consulado Geral do Japão no Rio de Janeiro, e Flavio Canto, presidente do Instituto Reação. Atualmente, o Polo Cidade de Deus funciona no campus Freguesia da Estácio, na cidade do Rio de Janeiro.

Também participaram da ação o Time Olímpico do Reação: a campeã olímpica Rafaela Silva, o judoca Victor Penalber e os atletas olímpicos refugiados Popole Misenga e Yolande Bukasa. Rafaela, Popole e Yolande são atletas patrocinados e fazem parte do Time Estácio.

Entre os equipamentos doados estão 200 tatames, 150 quimonos e equipamentos para fisioterapia. O programa de Assistência a Projetos Comunitários Culturais desenvolvido pelo Consulado do Japão tem como meta reforçar laços e as trocas culturais entre o Japão e países em desenvolvimento. Entre os campos apoiados está o Esporte, com o projeto Sports for Tomorrow, que foca estimular a prática desportiva, promover os Jogos Olímpicos Tóquio 2020 e usar o esporte como forma de mudança social por um futuro melhor.

 
foto-1

Confira as últimas conquistas do Time Estácio



Estácio - 15/12/2016 às 14:45

Handebol
A equipe de handebol feminino Estácio de Sá/Força Atlética conquistou o título nos Jogos Universitários Brasileiros – JUBs 2016. As atletas da equipe de Handebol são alunas da Unidade de Goiás.

Futsal
A equipe de futsal masculino Constelação/Estácio conquistou o título da Taça Cidade Boa Vista no dia 22 de novembro. Os atletas de futsal são alunos da Unidade SEAMA, em Macapá/AP.

Ginástica
Paulo Cesar Santos, atleta-aluno do Time Estácio, conquistou a medalha de prata na dupla e bronze no individual pela Seleção Brasileira de Ginástica Aeróbica, no Panamericano. A competição foi realizada no Peru entre os dias 24 e 26 de novembro. Paulo cursa Educação Física na Unidade Parque das Rosas/RJ.

Polo aquático
Illana Pinheiro conquistou a etapa do Brasil Open de Polo Aquático, realizado no dia 22 de novembro. A atleta foi a artilheira e melhor jogadora da competição. Illana cursa Educação Física na Unidade Parque das Rosas/RJ.

 
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1

Estácio no Esporte ganha prêmio nacional de comunicação



Estácio - 05/12/2016 às 11:45

A Estácio conquistou o Prêmio Aberje Nacional na categoria Comunicação de Programas, Projetos e Ações Esportivas com o case “Estácio no Esporte – Formando Campeões”. O case mostrou a forte e ampla ligação da instituição com o esporte ao longo dos anos e no período dos Jogos Olímpicos. Neste projeto, todas as equipes de comunicação da Estácio pensaram juntos em uma estratégia que desse ainda mais luz à plataforma. O motivo era nobre: pela primeira vez uma IES seria Apoiadora Oficial de uma Olimpíada.

Presente nos Jogos Rio 2016, a Estácio foi a provedora dos serviços de seleção e capacitação dos 140 mil voluntários e seis mil colaboradores dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. O Estácio no Esporte é um dos pilares do Programa de Responsabilidade Social Corporativa da instituição, ao lado de Cultura, Cidadania e Escola. São mais de 300 atletas patrocinados e apoiados por meio de bolsas de estudo. A Estácio contribui ainda para a promoção de alguns dos principais eventos esportivos do Brasil e atua como parceira de diversas ONGs e instituições esportivas.

O principal objetivo do Prêmio Aberje, que está em sua 42ª edição, é destacar e compartilhar as melhores experiências em comunicação empresarial, de forma a contribuir para o desenvolvimento dessa atividade e seu posicionamento estratégico nas organizações. Em outubro, a Estácio já havia vencido o prêmio na categoria Regional Rio de Janeiro e Espírito Santo. Para chegar ao prêmio na categoria Nacional, a equipe da Diretoria de Comunicação Corporativa, Parcerias e Sustentabilidade defendeu o case presencialmente para uma banca formada por profissionais renomados da área de Comunicação Empresarial.

“A Estácio foi a única Instituição de ensino superior no mundo parceira dos Jogos Olímpicos. Em nosso programa de Responsabilidade Social, valorizamos o pilar Esporte com um trabalho constante de apoio à formação superior de atletas da base ao alto rendimento. Nossa maior missão é Educar para Transformar. Educação e Esporte são grandes agentes de transformação social. É uma honra para a Estácio ter esse reconhecimento do prêmio Aberje, que representa um grande incentivo para os próximos desafios. Estamos muito felizes”, destacou Cláudia Romano, Diretora de Comunicação Corporativa, Parcerias e Sustentabilidade da Estácio, que implantou, ainda em 2004, as primeiras ações e projetos que culminaram com a criação, em 2013, da plataforma Estácio no Esporte.

 
foto-1
foto-1
foto-1

Fernanda Keller participa da Feira do Estudante em Juiz de Fora



Estácio - 05/12/2016 às 10:10

No último dia 24/11, Fernanda Keller ministrou uma palestra na Feira do Estudante, promovida pela Estácio de Juiz de Fora. A Estácio é parceira do Instituto Fernanda Keller, por meio dos pilares Esporte e Cidadania do Programa de Responsabilidade Social – Educar para Transformar.

 
foto-1
foto-1
foto-1

Atletas Refugiados visitam a Central Única das Favelas (CUFA).



Estácio - 21/11/2016 às 11:45

No dia 19/11, a Estácio e a Central Única das Favelas (CUFA) promoveram um bate-papo com os atletas do Time Estácio Popole Misenga e Yolande Mabika, que integraram a 1ª Equipe Olímpica de Refugiados nas Olimpíadas Rio 2016. Os judocas trocaram experiências com os atletas do Projeto Taça das Favelas, abordando temas como a adaptação à cultura brasileira e a importância do esporte na inclusão social.

 
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1

Projeto Grael, há 18 anos promovendo ondas de inclusão social e ventos de cidadania



Estácio - 21/11/2016 às 11:55

Em 2016, o Projeto Grael – organização criada pelos velejadores Axel, Torben e Lars Grael que usa a vela como ferramenta de inclusão social – completa 18 anos. Para os irmãos Schmidt Grael, cuja descendência dinamarquesa influenciada pelo avô Preben Schmidt marcou a vida da família no mar, o principal foco do Instituto é oferecer oportunidades a jovens de escolas públicas que, muitas vezes, não têm acesso aos iate clubes.

Desde a sua fundação, em 1998, mais de 16 mil jovens passaram pelos diferentes cursos oferecidos pelo Projeto Grael – todos gratuitos – voltados para estudantes de nove a 29 anos de idade. A cada semestre, são oferecidos cursos de Iniciação Esportiva (natação, vela e canoa havaiana), Profissionalizante (marcenaria, fibra de vidro, eletrônica, carpintaria, mecânica e capotaria) e Educação Complementar (onde são inseridos os projetos de educação ambiental, como gincana ecológica e preservação e cuidado para com a Baía de Guanabara). Os dados estatísticos mostram que 27% dos jovens que ingressam no Projeto Grael obtêm ajuda para o primeiro emprego.

A iniciativa já conquistou reconhecimento internacional com prêmios e chancelas, como a Federação Internacional de Vela (Isaf) e a Unesco, dentre outras. Desde que foi instituído, o Projeto Grael vem desenvolvendo uma metodologia própria de esporte e educação, que serviu como base para outros programas semelhantes, como o Navega São Paulo, do Governo do Estado de São Paulo e o Projeto Navegar, iniciativa federal desenvolvida em diversas cidades brasileiras. Além disso, as cidades de Vitória (ES), Maricá (RJ) e Três Marias (MG) já acolheram núcleos do Projeto Grael.

Em 2010, quatro alunos do Projeto Grael venceram a 40ª edição da regata Cape Town-Rio, cuja largada ocorreu dia 15 de janeiro na Cidade do Cabo, na África do Sul. Foram 17 dias no mar, sem escalas, até cruzarem a linha de chegada, na cidade do Rio de Janeiro. Os jovens foram convidados a participar da competição pelos próprios organizadores do evento.

Prêmios e chancelas
Em 2005, o Projeto Grael conquistou seu primeiro prêmio, como melhor projeto do ano, concedido em Amsterdam, Holanda, pela indústria náutica internacional. Ainda em 2005, o Projeto foi convidado pelo Programa “Connect to Sailing” para se apresentar na Conferência Anual da ISAF, em Cingapura. Em 2003, o projeto recebeu Menção Honrosa do Prêmio Itaú- Social, tendo competido com mais de 1700 ONGs de todo o Brasil.

A Estácio é patrocinadora do Projeto Grael por meio da Lei de Incentivo ao Esporte. Essa é uma iniciativa do pilar Estácio no Esporte, do seu Programa de Responsabilidade Social – Educar para Transformar.

 

PRÊMIO ABERJE - 2016



Estácio - 20/10/2016 às 11:45

Mais respeitada premiação de comunicação corporativa do país, o Prêmio Aberje chegou à sua 42ª edição e pela primeira vez a Estácio sagrou-se vencedora em uma categoria. O case “Estácio no Esporte – Formando Campeões” foi o vencedor na categoria Comunicação de Programas, Projetos e Ações Esportivas na regional Rio de Janeiro e Espírito Santo. “O desafio agora é conquistar o prêmio nacional. Para tal, a equipe de comunicação corporativa, parcerias e sustentabilidade vai defender o case Estácio em uma audiência pública em SP no próximo dia 28 de outubro”, antecipa Claudia Romano, diretora de Comunicação Corporativa, Parcerias e Sustentabilidade, que implantou, ainda em 2004, as primeiras ações e projetos que culminaram com a criação, em 2013, da plataforma Estácio no Esporte. O Estácio no Esporte é um dos pilares do Programa de Responsabilidade Social Corporativa da instituição, ao lado de Cultura, Cidadania e Escola. São mais de 300 atletas patrocinados e apoiados por meio de bolsas de estudo, envolvimento na promoção de alguns dos principais eventos esportivos do Brasil, bem como parceria com diversas ONGs e instituições esportivas.

De forma inédita, todas as equipes de comunicação da Estácio e seus respectivos fornecedores se reuniram para pensar juntas uma estratégia que desse ainda mais luz à plataforma Estácio no Esporte. Com um motivo muito nobre para isso: o fato de pela primeira vez nas história dos Jogos uma instituição de ensino tornar-se Apoiador Oficial de uma Olimpíada.

 

BOAS-VINDAS AOS NOVOS PARCEIROS DA PLATAFORMA ESTÁCIO NO ESPORTE



Estácio - 20/10/2016 às 12:26
foto-1
 

FORMATURA DOS ATLETAS DO TIME ESTÁCIO:



Estácio - 20/10/2016 às 11:45

No primeiro semestre de 2016 os atletas do Time Estácio Marcelinho Machado, do basquete do Flamengo; Daniella, Gabriella Figueiredo e Jéssica Noutel do nado sincronizado concluíram o curso de graduação.

É a educação e o esporte andando sempre juntos! #TimeEstácio

 
foto-1
Vinicius font - formado em Educação Física
foto-1
Gabriella e Daniella Figueiredo - Formadas em Direito
foto-1
Jéssica Noutel - Formada em Educação Física

ALUNOS E PROFESSORES DE FISIOTERAPIA DA ESTÁCIO PARTICIPAM DA SEMANA GUGA KUERTEN.



Estácio - 20/10/2016 às 11:50

Em alguns dias Florianópolis volta a sediar a Semana Guga Kuerten que acontece de 6 a 16 de outubro, em Jurerê Internacional. O evento que reúne competições para todas as idades e atividades relacionadas ao tênis começa com três disputas: Torneio Profissional de Tênis em Cadeira de Rodas, que soma pontos no ranking da ITF, com a Copa de Beach Tennis e com a Copa Guga Kuerten Seniors.

A Semana Guga Kuerten 2016 é realizada pela Guga Kuerten Company, com a parceria de diversas empresas, em especial da Estácio, que conta com envolvimento do curso de Fisioterapia com professores e alunos que atuarão durante todos os torneios da Semana Guga Kuerten. Os profissionais farão atendimento em quadra e no espaço cedido pela organização para estação de fisioterapia.

O foco das intervenções fisioterapêuticas, realizadas por alunos da Estácio, em serviços disponibilizados durante eventos esportivos como este se concentram em garantir o alívio dos sintomas referidos pelos atletas, ou seja, assegurar-lhes as melhores condições de jogo para que consigam exercer suas atividades de maneira eficaz e continuar participando da competição, porém sem colocar em risco sua integridade física e proporcionar o agravamento da lesão.

Pelo quarto ano o Torneio Profissional de Tênis em Cadeira de Rodas será disputado nas quadras de saibro do Jurerê Sports Center até o dia 9 de outubro. Esse ano a competição conta com 84 inscritos, entre eles nove atletas disputaram as Paralimpíadas no Rio de Janeiro. O Torneio Profissional de Tênis em Cadeira de Rodas soma pontos no ranking da ITF e distribui R$ 65 mil reais em premiação.

 

Bruno Soares faz história ao vencer US Open



Estácio - 28/09/2016 às 18:26

Atleta-aluno do Time Estácio é o segundo tenista brasileiro a conquistar dois títulos de Grand Slam no mesmo ano e aparece no top 5 do ranking de duplas divulgado nesta segunda-feira

Ao conquistar o título de duplas masculinas do US Open no último fim de semana, Bruno Soares, atleta do Time Estácio, entrou para a história do tênis brasileiro. Ele agora é o segundo jogador do país a ganhar dois títulos em diferentes torneios do Grand Slam no mesmo ano.

No início de 2016, Bruno foi campeão do Australian Open. Antes dele, apenas Maria Esther Bueno havia conseguido este feito. E foi no ano de 1960, quando a brasileira conquistou o Australian Open, Roland Garros, Wimbledon e US Open nas duplas e ainda foi campeã de simples no tradicional torneio inglês.

Com o título do US Open, o aluno de Marketing EAD, apareceu na quinta colocação no ranking mundial de duplas que foi divulgado nesta segunda-feira, dia 12, pela Associação dos Tenistas Profissionais. Com 7.480 pontos, Bruno ultrapassou os lendários irmãos americanos Bob e Mike Bryan, além do croata Ivan Dodig. O brasileiro aparece logo atrás do britânico Jamie Murray, seu companheiro na conquista em Nova York, que manteve a quarta colocação.

Vale lembrar que o tenista do Time Estácio, além dos dois títulos já mencionados de duplas masculinas, soma mais três conquistas de duplas mistas na carreira: US Open em 2012 e 2014, e Australian Open em 2016.

Ao todo, Bruno Soares já tem 23 títulos na carreira no circuito da ATP, a maioria em parceria com seu compatriota Marcelo Melo ou com o austríaco Alexander Peya. Sua melhor colocação no ranking de duplas até hoje foi um terceiro lugar, em 2013.

foto-1
foto-1
 

Seleção de Rugby integra o Time Estácio



Estácio - 24/05/2016 às 12:12

A Confederação Brasileira de Rugby assinou parceria com a Estácio para a concessão de bolsas de estudos aos membros da seleção brasileira da modalidade. Pelo acordo, os atletas de alto rendimento da CBRu terão direito à bolsa de estudos integral. O principal objetivo do projeto é formar campeões dentro e fora das salas de aula, proporcionando a qualificação para o mercado na transição de carreira dos atletas.

Pelo contrato, que inclui as seleções brasileira de Rugby 7 (versão com sete jogadores) e Rugby 15 (quinze jogadores), os praticantes passam a integrar o Time Estácio, que possui mais de 300 atletas e é parte do programa de Responsabilidade Social Corporativa.

Entre os esportistas que já fazem parte da relação estão Adriano de Souza, o Mineirinho, atual campeão mundial de surfe; Laís Souza e Daniele Hypólito medalhistas da ginástica artística, Marcelinho Machado jogador de basquete e ainda Popole Misenga e Yolande Bukasa, judocas refugiados da república Democrática do Congo, além de Gustavo Kuerten, considerado o Embaixador da Estácio, a Universidade dos Jogos Olímpicos.

Neste ano, o Rugby volta ao programa olímpico nos Jogos do Rio de Janeiro de 2016 após 92 anos de ausência. Na Olimpíada, será disputada a versão com sete jogadores.

A Confederação Brasileira de Rugby é o órgão máximo do Rugby no Brasil, filiada ao World Rugby (a federação internacional) e ao Comitê Olímpico Brasileiro. Fundada em 2010, a CBRu é a sucessora das antigas Associação Brasileira de Rugby (fundado em 1972) e União de Rugby do Brasil (nascida em 1963).

Conheça a CBRu: http://www.brasilrugby.com.br/

foto-1
foto-1
 

Aluna-atleta Daniele Hypolito ganha 3 ouros em etapa de copa do mundo



Estácio - 24/05/2016 às 12:00

A aluna de Marketing da Estácio e campeã mundial em ginástica olímpica, Daniele Hypólito conquistou três medalhas de ouro (salto, trave e solo) na etapa São Paulo da Copa do Mundo de Ginástica Artística. A atleta mostrou, no evento encerrado neste domingo (23/05), que continua sendo uma esperança brasileira a brilhar na Rio2016.

foto-1
foto-1
 

ESTÁCIO RECEBE O ATLETA-ALUNO ADRIANO DE SOUZA “MINEIRINHO”, ATUAL CAMPEÃO MUNDIAL DE SURFE



Estácio - 24/05/2016 às 11:55

No dia 13/05, na Unidade do Campus Tom Jobim, a Estácio recebeu o atleta-aluno Adriano de Souza, atual campeão do circuito mundial de surfe, que está no Rio de Janeiro para a etapa do mundial de surfe e para o lançamento da sua nova marca. Participaram do evento as empresas patrocinadoras do atleta: Oi, G-Shock, Oakley, HD, Red Bull, Mitsubishi, XP Investimentos, JBL, Banana Wax e Nosso Lar Imóveis. O evento teve a cobertura de diversos veículos de comunicação.

foto-1
foto-1
foto-1
 

PARCERIA DA ESTÁCIO COM O INT – INSTITUTO NACIONAL DE TECNOLOGIA



Estácio - 03/05/2016 às 11:28

A Estácio, em parceria com o INT está desenvolvendo um projeto piloto com o objetivo geral de avaliar e aprimorar o desempenho dos atletas de tênis do time Estácio.

O primeiro estudo foi iniciado no dia 28/04, com atleta-aluno Marcelo Demoliner capturando diferentes movimentos essenciais do tênis por meio de sensores para avaliar os movimentos executados pelo atleta.

Os resultados obtidos ao término do projeto serão analisados pela equipe técnica para possíveis ajustes e aprimoramento dos atletas.

foto-1
foto-1
foto-1
 

ESTÁCIO ABRE O 1º CENTRO DE TREINAMENTO DOS VOLUNTÁRIOS DOS JOGOS RIO 2016



Estácio - 20/04/2016 às 10:41

Para os voluntários do Rio 2016, os Jogos Olímpicos e Paralímpicos começam nesta quarta-feira (dia 13). É quando inicia oficialmente o funcionamento do 1º Centro de Treinamento da Força de Trabalho dos Jogos, situado dentro do campus da Estácio, na Av. Presidente Vargas, no Centro do Rio de Janeiro. O CT será um dos seis espalhados pelo Brasil, a fim de capacitar mais de 140 mil pessoas para trabalhar no maior evento esportivo do mundo.

“Não tenho conhecimento de um treinamento que envolva tantas pessoas como é o caso que está acontecendo agora por causa dos Jogos Rio 2016. Na hora de fazer nossos treinamentos, vamos entregar o conteúdo obrigatório, mas vamos dar um pedacinho de nós para mostrar que educação se faz por meio do exemplo próprio. Essa é a educação que transforma”, afirma Rogério Melzi, presidente da Estácio.

Há 46 anos formando campeões por meio da educação, a Estácio é a primeira instituição de ensino a ser apoiadora dos Jogos Olímpicos na história e também é pioneira na seleção e capacitação da força de trabalho. Ao todo, 120 professores serão responsáveis pela preparação de 50 mil voluntários, seis mil colaboradores e 85 mil contratados do Comitê Rio 2016, por meio de aulas presenciais e online que fazem parte do portfólio de soluções corporativas da Estácio.

“O grande legado que envolve Jogos Olímpicos e o processo de formação de voluntários está no conteúdo. São mais de 200 programas que ficarão não só para professores e alunos da Estácio, mas para o Rio de Janeiro e o Brasil”, diz Eduardo Pitombo, diretor de Soluções Corporativas da Estácio.

O processo se iniciou em 2015, quando a Estácio criou os Centros de Seleção para entrevistar candidatos a voluntários. O treinamento foi iniciado em 2016 por meio de cursos online. Os módulos têm de quatro a oito horas de duração, com aulas a respeito de temas variados, definidos pelo Comitê Organizador dos Jogos, como Excelência em Serviços e Liderança. Grande parte do conteúdo é voltada para preparação específica das áreas de atuação que serão desempenhadas nos Jogos, como Tecnologia, Transportes, Imprensa e Comunicação, e Protocolo e Idiomas.

Além do Rio, as outras cinco cidades que serão palco dos jogos de futebol receberão Centros de Treinamento que serão lançados no mês de junho: São Paulo (1/6), Belo Horizonte (8/6), Brasília e Salvador (15/6) e Manaus (22/6).

foto-1
foto-1
foto-1
 

Jogos Universitários: Estácio/força atlética rumo ao JUB'S



Estácio - 20/04/2016 às 10:41

A parceria entre a Faculdade Estácio de Sá e a Associação Cultural e Esportiva Força Atlética deu certo mais uma vez. As meninas entraram em quadra disputando o JUG’s (Jogos Universitários de Goiás) na modalidade Handebol e como adversário tiveram o time da UFG (Universidade Federal de Goiás).

Os jogos aconteceram em AnápolisGO, no Ginásio Internacional Newton de Faria, a pontuação foi calculada em “melhor de três”, sendo que haviam dois times disputando no total.

A Estácio/Força Atlética venceu o primeiro jogo que aconteceu no sábado (09 de abril) às 20:30, o time contava com: Amanda, Elhise, Thaís, Sarah, Carmen, Dhara, Isadora, Jéssika, Renata e Kérollen Mara. A disputa foi dura e o placar final foi 21x18. A Estácio de Sá/ Força Atlética venceu o segundo jogo contra a equipe da UFG por 28x17 e não havendo a necessidade do terceiro jogo, já levou o ouro para casa.

O JUG’s tem como finalidade selecionar as equipes que representarão o estado de Goiás nos JUB’s (Jogos Universitários Brasileiros), sendo assim, a equipe Estácio/Força Atlética conquistou a vaga para disputar os jogos em Cuiabá, que acontecerão em novembro.

foto-1
foto-1
foto-1
 

Estácio apoia refugiados com potencial olímpico



Estácio - 18/04/2016 às 11:45

A Estácio traz para o seu time mais dois atletas, dessa vez, refugiados da República Democrática do Congo. A judoca Yolande Mabika e o compatriota Popole Misenga chegaram em 2013 e tentam reconstruir a vida no Brasil. Voltaram a praticar o esporte no ano passado, no Instituto Reação, e tentam a vaga no primeiro time de refugiados dos Jogos Olímpicos.

Pela primeira vez, os Jogos Olímpicos terão a participação de um time de refugiados. Os nomes dos atletas escolhidos serão divulgados em junho pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) e Yolande e Popole têm a possibilidade de fazer parte da equipe olímpica. Há um ano, eles treinam no Instituto Reação, organização não governamental que promove a inclusão social por meio do esporte e é apoiada pela Estácio por meio da cessão de bolsas de estudos para alguns de seus atletas e do espaço para treinamento de alta performance. Popole e Yolande são treinados no polo Cidade de Deus do Instituto Reação, que funciona dentro da Unidade Freguesia da Estácio, em Jacarepaguá/RJ.

Yolande, 28 anos, e Popole, 23, vieram da República Democrática do Congo, segunda maior nação africana em extensão territorial. As últimas décadas do país, que também já foi chamado de Zaire, foram marcadas por conflitos étnicos, genocídios e uma guerra civil.

"Aos sete anos, saí (de Bukavu) por causa da guerra. Fugi pela floresta por oito dias. Em uma província pequena, subi no barco que me levou até a capital. Lá fiz uma amizade e comecei a morar com um amigo", relembrou Popole, que deixou três irmãos para trás sem nunca mais ter notícias. A mãe já havia sido morta. A história de Yolande foi similar.

foto-1
foto-1
foto-1
 

Evento Paralímpico em SP



Estácio - 28/03/2016 às 15:19

Quarta-feira dia 16/03 às 20h, acontece na Unidade Jabaquara/SP a aula magna com as presenças do campeão paralímpico Yohansson do Nascimento e o gerente de comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro, Rafael Maranhão, para debaterem sobre o tema: "Os Jogos e a Universidade: o legado das Paralimpíadas".

Esse evento precede a etapa São Paulo do Circuito Regional de Atletismo e Natação paralímpicos, no Complexo Esportivo do Ibirapuera, e é uma oportunidade de mostrar o movimento paralímpico aos nossos alunos.

Em tempo: Temos parceria com o Comitê Paralimpico Brasileiro para o Programa de Transição de Carreira, em que oferecemos bolsas de estudo aos paratletas indicados pelo CPB, visando possibilita-los a oportunidade de formação, capacitação, treinamento profissional e preparação para a sua vida pós-carreira, de acordo com o perfil de cada um. Dessa maneira, a Estácio e o CPB cumprem seu papel social oferecendo aos atletas a continuidade de sua plena cidadania.

 

Time Estácio: uma seleção de atletas patrocinados e apoiados pela Estácio é apresentado para todo o Brasil



Estácio - 02/03/2016 às 15:14

Aconteceu ontem, dia 1º de março, no Auditório da unidade Tom Jobim, o lançamento do Time Estácio, uma seleção de atletas de diversas modalidades que são patrocinados pela empresa, que é uma das patrocinadoras da Rio 2016. O evento teve a abertura do presidente Rogério Melzi que falou sobre a importância do esporte aliado à educação, o que a Estácio vem fazendo para contribuir para que os atletas possam competir e continuar estudando e o futuro dos atletas quando já não estão mais competindo. Em seguida, o embaixador da Estácio Guga Kuerten, falou para o público sobre a importância do apoio da Estácio aos atletas, o quanto ele valoriza a formação educacional.

“Desde o juvenil, eu viajava o mundo todo com as apostilas. O meu treinador, Larri Passos, me ajudava com os estudos, quando não estava em quadra. O atleta precisa estar preparado para quando encerrar a carreira e hoje vejo como é importante se dedicar, nem que seja 15 ou 30 minutos por dia”, disse Guga.

Após a apresentação de Guga Kuerten, o ex-craque do Flamengo, Zico, reconhecido mundialmente, falou sobre as dificuldades que teve em se formar em Educação Física enquanto ainda era jogador, numa época em que não havia a facilidade do Ensino à Distância.

“Eu me lembro que saía do treino na Gávea e ia direto para a aula. Era tudo mais difícil, não havia educação a distância. Um professor de anatomia vivia pegando no meu pé, já que a aula era na quarta-feira, dia de jogo no Maracanã. Mas, mesmo assim, conseguia nota”, lembrou Zico.

Estavam presentes mais de 300 pessoas entre personalidades do esporte, atletas que são esperança de medalhas para o Brasil, como o tenista mineiro Bruno Soares e a judoca Rafaela Silva, representantes do Comitê Olímpico, Comitê Paralímpico, Secretaria de Esportes, Federações, Confederações, Clubes e Institutos apoiados pela Estácio. A equipe de basquete do Flamengo – FlaBasquete - veio direto da Venezuela onde se classificou em primeiro lugar para o Final Four da Liga das Américas.

“Estamos 24 horas viajando, mas não poderíamos deixar de estar presente neste evento e retribuir à Estácio por tudo que tem feito pelo esporte”, declarou José Neto, treinador da equipe.

Na parte final do evento, Rogério Melzi fez o reconhecimento da ex-jogadora de vôlei de praia Sandra Pires, que se formou em educação física, e do tenista Marcelo Demoliner, formado em administração, ambos pela Estácio. Além de Sandra e Marcelo, outros atletas-universitários marcaram presença no evento como parte do Time Estácio. O tenista cearense Thiago Monteiro, que está estudando administração na Estácio e acaba de brilhar no Rio Open e Brasil Open, foi um dos mais assediados, assim como o veterano jogador de basquete Marcelinho Machado, que está próximo de receber o diploma no mesmo curso. “Minha rotina sempre foi pesada, muito treino, e ingressei na faculdade aos 38 anos. É uma satisfação muito grande estar perto da formatura”, comemorou Marcelinho, de 40 anos, que sonha em disputar sua segunda Olimpíada pela Seleção Brasileira Masculina de Basquete e recebeu o prêmio de Atleta Inspiração da Estácio.

foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
 

ESTÁCIO NO RIO OPEN 2016



Estácio - 24/02/2016 às 17:55

Pelo 3º ano seguido, a Estácio esteve presente no Rio Open, maior torneio de Tênis da América do Sul, que aconteceu entre os dias 13 e 21 de fevereiro, no Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro. Com um estande no Leblon Boulevard, tivemos diversas ativações ao longo dos 9 dias de torneio.

A produção do flipbook, livrinhos que se formam a partir de fotos sequenciais produzidas na hora, somadas às presenças de diversos alunos-atletas Estácio no estande (Bruno Soares, Teliana Pereira, Beatriz Haddad, Thiago Monteiro, Fabiano de Paula e Marcelo Demoliner), do embaixador Estácio Guga Kuerten, e do Vinicius, mascote dos Jogos Olímpicos Rio 2016, fizeram com que aproximadamente 2000 pessoas passassem por nosso estande durante a semana de competição.

Além do estande, a sala de imprensa foi sinalizada com logo da Estácio e um backdrop que apresentava aos jornalistas o time de alunos-atletas do tênis da Estácio.

Para fechar com chave de ouro, o uruguaio Pablo Cuevas, que é patrocinado pela Estácio, sagrou-se o grande campeão do Rio Open 2016.

foto-1
 

Bruno Soares conquistou no último fim de semana o título do Grand Slam



Estácio - 01/02/2016 às 17:00

Bruno Soares atleta apoiado pela Estácio, conquistou no último fim de semana o título do Grand Slam nas duplas masculinas ao lado de Jamie Murray e duplas mistas com a russa Elena Vesnina. Duas conquistas inéditas e históricas para o tênis brasileiro.

foto-1
 

SEMINÁRIO E LANÇAMENTO DA PARCERIA COM A CBB



Estácio - 11/09/2015 às 17:00

No dia 16/11/2015, no cinema do Campus João Uchôa, a Estácio em parceria com a Confederação de Brasileira de Basketball, promoveu o Seminário “A formação profissional de educação física e o desenvolvimento do basquete nacional”, que contou a participação de Rubén Magnano, campeão olímpico e técnico da Seleção Brasileira; José Alves dos Santos Neto, técnico de basquete do Clube Regatas do Flamengo e assistente técnico da Seleção Brasileira; Marco Antonio Cabral, Secretário de Estado de Esporte, Lazer e Juventude do Rio de Janeiro; José Medalha, Diretor Institucional da Confederação Brasileira de Basketball; Byra Bello, professor da Estácio e comentarista do Canal Sportv e Marco Aurélio Pegolo dos Santos “Chuí”, ex-jogador e técnico de basquete.

O momento de destaque do evento, foi o lançamento da parceria da Estácio com a CBB, que deu início ao projeto de capacitação de técnicos de basquete da Escola Nacional de Treinadores (ENTB).

foto-1
foto-1
foto-1
 

Estácio recebe Jason Collins e Chiney Ogwumike, jogadores da NBA, para palestra



Estácio - 11/09/2015 às 17:00

No dia 21 de outubro, a Estácio recebeu dois jogadores de basquete para palestra sobre Educação e Esporte, na Unidade João Uchôa (RJ). Jason Collins é um jogador americano aposentado de basquete profissional, tendo jogado 13 temporadas na National Basketball Association (NBA) e Chiney Ogwumike é uma jogadora nígero-americana de basquete profissional pelo Connecticut Sun, pela WNBA (Women’s National Basketball Association).

foto-1
foto-1
foto-1
 

Triatleta Fernanda Keller ministra palestra em Campo Grande/Ms



Estácio - 11/09/2015 às 17:10

No último dia 17/08/2015, a triatleta apoiada pela Estácio Fernanda Keller ministrou uma Palestra sobre Superação para os alunos da Estácio da Unidade Tv Morena. A palestra foi aberta ao público e contou com participação de 720 pessoas, no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande/MS.

Fernanda concedeu algumas entrevistas para o Bom Dia MS (ao vivo), Globo Esporte MS, ambas afiliadas da Rede Globo e para a Revista Mood, que será publicada em setembro. Atualmente, além dos treinos intensos, a atleta se dedica ao Instituto Fernanda Keller, um trabalho de inclusão social, que a Estácio apoia por meio de concessão de bolsas de estudos para os alunos do Projeto.

foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
 

1º Mostra Estácio - A Arte do Tênis



Estácio - 04/08/2015 às 13:10

Realizada no último 22 de março, a 1ª Mostra Estácio - A Arte do Tênis reuniu esporte, arte e responsabilidade social em Caxias do Sul (RS). Mais de 500 pessoas compareceram ao evento patrocinado pela Estácio e realizado pela Associação Crescer, cuja abertura foi marcada pela partida entre os tenistas gaúchos Marcelo Demoliner, um dos melhores em duplas do mundo, e Marcos Daniel, que já foi 56º no ranking individual da ATP. Vencida pelo primeiro por 2 sets a 1, a partida antecedeu a abertura de duas exposições em que o tênis é a principal fonte de inspiração. A primeira com registros da fotógrafa esportiva Gisa Fedrizzi e a segunda com quadros do artista-plástico Marcelo Camargo.

Ao final do evento, 290 kg de alimentos não perecíveis – doados pelo público em troca dos ingressos – foram destinados ao Banco de Alimentos de Caxias do Sul, uma instituição que atende mais de 80 entidades sociais.

foto-1
foto-1
foto-1
 

Caravana do Esporte em União dos Palmares



Estácio - 17/06/2015 às 11:57

Em sua quarta etapa, a Caravana do Esporte esteve em União dos Palmares, no estado de Alagoas, entre os dias 27 e 30 de abril. Mais de 4,5 mil alunos das redes pública e particular participaram do evento, que conta com uma programação extensa. Ao longo da Caravana, 250 professores participaram da Formação Continuada em Arte Para Educar e em Esporte Educacional e 50 alunos do ensino médio participaram da oficina para formação de jovens ambientalistas e comunicadores.

A Caravana teve uma intensa participação de alunos e professores da Estácio dos cursos de Fisioterapia, Nutrição, Educação Física e Enfermagem. Durante o evento, a instituição de ensino organizou palestras sobre Nutrição e participou de um colóquio com a gestão de União dos Palmares sobre o selo UNICEF – Desafios para 2016. Mais de 1,7 mil atendimentos foram realizados pelos alunos da Estácio, que prestaram serviços como avaliação postural, teste glicêmico, aferição de pressão arterial, orientação nutricional e verificação do IMC.

Idealizado pelo Instituto Esporte e Educação (IEE), da ex-atleta Ana Moser, e realizado em parceria com a ESPN Brasil e o Unicef, o projeto Caravana do Esporte é apoiado pela Estácio por meio da lei de incentivo ao esporte. Sua quinta etapa ocorrerá em Rio das Flores, no Rio de Janeiro, entre os dias 25 e 28 de maio.

foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
 

Sacando para o futuro



Estácio - 27/06/2015 às 11:02

O último dia das mães teve sabor especial para centenas de famílias da Comunidade Rocinha, no Rio de Janeiro. Nascido e criado no local, o tenista Fabiano de Paula homenageou não apenas sua mãe, mas também as mães das 200 crianças e adolescentes do projeto social criado por ele no início deste ano: a Escolinha de Tênis Fabiano de Paula.

Quinto melhor tenista brasileiro da atualidade e número 241 do ranking mundial, Fabiano é uma inspiração para os moradores locais, especialmente os mais jovens, e tem laços profundos com a comunidade onde mora ainda hoje. Para retribuir o carinho, o atleta utiliza sua imagem e sua experiência para promover o desenvolvimento de centenas de crianças e adolescentes, apostando na educação e na prática do esporte que transformou sua própria vida: o tênis.

A Escolinha que leva o nome de Fabiano é uma realização do projeto do Instituto Tennis Route, que é patrocinado pela Estácio, assim como o tenista.

foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
 

CARAVANA DO ESPORTE EM PORTO DA FOLHA



Estácio - 22/04/2015 às 17:02

A terceira etapa da Caravana do Esporte aconteceu em Porto da Folha, em Sergipe, entre os dias 24 e 26 de Março. Mais de três mil alunos das redes pública e particular participaram do evento, que envolveu oficinas esportivas de futebol, tênis, basquete, vôlei, atletismo, slack line, lutas e esgrima. A esgrimista Cleia Guilhon e o velejador Samuel Gonçalves participaram do evento, como atletas convidados, e 150 professores do município foram capacitados na metodologia do Esporte Educacional.

A etapa sergipana contou com a participação dos alunos e professores dos cursos de Fisioterapia, Enfermagem e Educação Física da Estácio, que realizaram diversos atendimentos de avaliação postural, teste glicêmico e aferição de pressão arterial nos três dias do evento.

Na avaliação de Paulo Rafael Nascimento, Diretor do Núcleo Sergipe – Estácio FASE, a participação na terceira etapa da Caravana do Esporte foi altamente positiva, especialmente pela interação com a comunidade local. “Além de todas as atividades realizadas, demos um treinamento aos profissionais de saúde na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) local sobre “trauma”. Ministrado por Marcos Fonseca, um de nossos professores, o treinamento teve uma repercussão muito positiva junto à Secretaria de Saúde de Porto da Folha”, complementa o diretor.

Idealizado pelo Instituto Esporte e Educação (IEE), da ex-atleta Ana Moser, e realizado em parceria com a ESPN Brasil e o Unicef, o projeto Caravana do Esporte é apoiado pela Estácio por meio da lei de incentivo ao esporte. Sua quarta etapa ocorrerá em União dos Palmares, em Alagoas, entre os dias 27 e 30 de abril.

 

foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
 

Gustavo Kuerten é o novo embaixador da Estácio



Estácio - 15/04/2015 às 10:05

O tricampeão de Roland Garros acaba de se tornar embaixador da Estácio. Gustavo Kuerten endossa a Estácio como a instituição de ensino que mais aposta no esporte nacional: já são mais de 200 atletas apoiados, além de institutos, clubes, confederações e federações. Guga deve participar de uma série de atividades com ênfase em campanhas de comunicação em redes sociais, TV, outdoors e mídia impressa para a Estácio.

Guga, que ao longo de 13 anos dedicados ao tênis conquistou 20 títulos, sendo três em Roland Garros, e entrou para a história ao se tornar, em 2000, o número 1 do tênis mundial, está empolgado com a nova parceria. “É um desafio e uma grande oportunidade poder falar diretamente com os jovens. Quero passar para eles a minha experiência e valores que são imprescindíveis no esporte e também na carreira e no sucesso profissional, independente da área de atuação de cada um”, destaca Guga, que pegou pela primeira vez em uma raquete aos 5anos.

“Desde este meu primeiro contato com o tênis até a vitória mais importante da minha carreira, o primeiro título em Roland Garros, em 1997, passaram-se 20 anos. Ou seja, foi um plano de longo prazo, marcado por muitas renúncias e sofrimento. Quero passar para os mais de 430 mil alunos da Estácio em todo o Brasil o testemunho de que os triunfos não caem do céu ou são resultado da sorte. Além disso, esta parceria tem um gostinho especial pra mim porque a Estácio, como eu, acredita no poder transformador e inclusivo do esporte”, argumenta Guga.

A escolha do tenista brasileiro como novo embaixador é destacada pelo presidente da Estácio, Rogério Melzi. “Como atleta, Guga surpreendeu o Brasil e o mundo, atingindo um patamar inédito para o nosso país e para o tênis. E como cidadão, depois que deixou as quadras, em 2008, continuou fazendo a diferença por meio de projetos de esporte, inclusão social e cidadania. Ele irradia bons valores e está plenamente alinhado com a missão da Estácio de ´Educar para Transformar`”, afirma Melzi.

Luiz Gaulia, Gerente de Comunicação Interna concorda com Melzi. "Guga Kuerten é um campeão, exemplo de atleta dedicado, cujo mérito como competidor, que sempre buscou a excelência e a superação, inspira tanto jovens como adultos. Retrato da hospitalidade, através da sua simpatia cativante , Guga tem projetos de responsabilidade social para trabalhar o esporte, a educação e a cidadania. Ou seja, está alinhado aos atributos da marca e aos valores nos quais a Estácio acredita."

 

foto-1
 

A Vitória de Lais



Estácio - 07/04/2015 às 16:55

O time de basquete do Flamengo ganhou uma dose extra de estímulo na última quinta-feira. A equipe recebeu a visita da atleta Laís Souza, que foi homenageada com uma camisa personalizada com as cores do clube e conversou com os jogadores sobre dois temas que conhece bem: trabalho em equipe e superação. O encontro foi promovido pela Estácio, que – por meio do “Estácio no Esporte”, um de seus pilares de atuação – patrocina tanto o basquete rubro-negro quanto Laís.

A atleta de 26 anos sofreu um grave acidente em janeiro de 2014 e passa por um tratamento experimental com células-tronco para recuperar seus movimentos e voltar a andar. O quadro é difícil, mas já houve evolução. Nos últimos exames, pouco antes da homenagem no Flamengo, Laís deu mais uma prova de superação: sua musculatura já começa a reagir.

 

foto-1
foto-2
foto-2
 

Taça das Favelas, um projeto campeão



Estácio - 07/04/2015 às 14:55

Organizada pela Central Única das Favelas (CUFA) e patrocinada há três anos pela Estácio, a Taça das Favelas é uma competição de futebol de campo entre 80 seleções compostas por moradores de comunidades do Rio de Janeiro. São 64 equipes masculinas e 16 femininas, envolvendo cerca de 1.600 atletas. O objetivo do evento é promover a integração dessas comunidades, valorizando o indivíduo por meio da educação e da qualificação para o esporte. Ao longo da competição são realizadas campanhas de saúde nas comunidades e a Estácio realiza um concurso de redação com todos os participantes da Taça das Favelas. Os autores das dez melhores redações ganham bolsas integrais em um de seus cursos de graduação. Um golaço para o futuro desses jovens.

E a quarta edição da Taça das Favelas acaba de premiar seus campeões. Os meninos do Complexo de Padre Miguel e as meninas do Barata, ambos na Zona Oeste do Rio de Janeiro, levaram o troféu da competição e R$ 5 mil para suas comunidades. A final foi realizada no último dia 14/03, no Estádio Aniceto Moscoso, em Madureira, e os vencedores voltaram para casa em caminhões do Corpo de Bombeiros, como a seleção campeã do mundo de 2002. Uma grande festa.

 

foto-1
foto-2
foto-2
foto-2
 

Estácio inaugura primeiro Centro de Voluntários Rio 2016



Estácio - 01/04/2015 às 08:45

Com a cobertura da imprensa nacional e internacional, foi inaugurado no dia 25/03, o primeiro Centro de Voluntários para as Olimpíadas 2016, na unidade Tom Jobim. Na abertura do evento o Presidente da Estácio, Rogério Melzi apresentou um vídeo exclusivo, produzido por alunos, sobre a parceria da Estácio com o Comitê Olímpico Brasileiro. No vídeo, são destacadas as diversas ações da Estácio no apoio aos atletas e esportes, a infraestrutura para receber os 120 mil voluntários que passarão pela seleção e o investimento na parceria. Também estavam presentes o Diretor de Educação Continuada, Marcos Noll; o Diretor de Recursos Humanos do Comitê Organizador Rio 2016, Henrique Gonzales, e a gerente-geral de Voluntariado do Comitê Rio 2016, Flávia Fontes.

Após o vídeo de abertura, Melzi fez um breve pronunciamento sobre a importância da participação da Estácio em um evento de projeção mundial e a mobilização que há em todas as áreas da Estácio para que todas as etapas de abertura dos próximos Centros de Voluntários, processo de seleção e treinamento sejam executados com máxima qualidade e ressaltou o comprometimento da Estácio com a formação dos voluntários.

"Na terça-feira, chegamos ao marco de 500 dias até as Olimpíadas. Construiremos outros três centros como este e entrevistaremos 240 mil pessoas para chegar aos 70 mil que participarão dos Jogos. A Estácio já tem experiência com esse tipo de treinamento. Já participamos do Pan-Americano de 2007, sempre fazemos capacitação para o Rock in Rio e também fomos responsáveis pelos voluntários da JMJ de 2013”, relembra.

O segundo Centro de Voluntários será inaugurado no sábado, dia 28, na unidade Presidente Vargas. Em seguida, serão abertos nas cidades de São Paulo, Belo Horizonte, todos em unidades da Estácio, que estão sendo ambientadas para receber os Centros.

No total, 240 mil pessoas se candidataram para participar dos Jogos Olímpicos como voluntários. Apenas 70 mil serão selecionados. Como parte do processo de motivação e seleção, os candidatos assistem a vídeos, passam por ambientes interativos e participam de dinâmicas de grupo. O resultado da seleção será anunciado a partir de novembro.

“Energia, comprometimento e capacidade para lidar com a diversidade são as principais características para quem deseja trabalhar voluntariamente. A maioria dos voluntários já foi aprovada em teste de língua estrangeira, e agora estamos testando outras habilidades por meio de uma dinâmica de grupo, onde são observados características como trabalho em equipe, comprometimento e liderança. Depois os candidatos recebem uma pontuação no final”, afirma Flavia Fontes, gerente-geral do Programa de Voluntários do comitê Rio 2016.

Voluntário experiente, o aposentado José Antônio Affonso, 65 anos, participou das primeiras dinâmicas na manhã de quarta-feira, dia 25. Ele trabalhou em outros grandes eventos realizados no Rio de Janeiro: os Jogos Pan-Americanos, em 2007, a Jornada Mundial da Juventude, em 2013, e a Copa do Mundo de 2014. “É uma alegria muito grande ser voluntário, tanto que já estou influenciando minhas filhas e netas a se inscreverem e participarem também”, conta. Para a esteticista Silvia Santos, 52, ser voluntária é uma oportunidade de crescimento profissional e pessoal. “É uma chance de ganhar muito conhecimento e fazer amizades”, diz.

 

foto-1
foto-2
foto-2
foto-2
foto-2
foto-2
 

A Estácio no Rio Open



Estácio - 26/02/2015 às 14:35

Principal evento do tênis na América do Sul, o Rio Open teve a participação de astros do esporte como Rafael Nadal e David Ferrer e ofereceu uma premiação total de US$ 1.550 milhão. A competição ocorreu entre os dias 16 e 22 de fevereiro, no Jockey Clube do Rio de Janeiro, e a Estácio foi a instituição de ensino oficial do evento, além de um de seus patrocinadores.

O espanhol Ferrer foi o vencedor da competição, que contou com a participação de seis tenistas apoiados pelo projeto Estácio no Esporte: Bruno Soares, Teliana Pereira, Fabiano de Paula, Marcelo Demoliner, Guilherme Clezar e Thiago Monteiro. A Estácio vê a educação como um agente de transformação social que, associado ao esporte, pode ampliar e potencializar resultados. Dentro e fora das quadras. Por isso, todos os atletas patrocinados são, também, alunos bolsistas da Universidade.

Além da participação dos alunos atletas no campeonato, algumas ações foram realizadas pela Estácio no Rio Open. No estande da Universidade, que simulava uma quadra de tênis, o visitante podia testar suas habilidades e ganhar uma bolsa de estudos de pós-graduação, além de interagir com os atletas apoiados pela Universidade. O material utilizado nas ações, como bolas e raquetes, foi doado para o Instituto Tennis Route, que atende jovens que buscam no esporte uma chance de mudar suas vidas.

Durante o evento, o presidente da Estácio, Rogério Melzi, recebeu atletas de tênis apoiados pela instituição, empresários e grandes nomes da modalidade – como Guga Kuerten e o tenista cadeirante Many Geon da Silva –, para dialogar sobre o atual cenário esportivo no Brasil e fomentar ainda mais a participação da Estácio no esporte nacional.

 

foto-1
foto-2
foto-2
foto-2
 

Caravana do Esporte em Pernambuco



Estácio - 17/03/2015 às 18:45

Idealizado pelo Instituto Esporte e Educação (IEE), da ex-atleta Ana Moser, e realizado em parceria com a ESPN Brasil e o Unicef, o projeto Caravana do Esporte é apoiado pela Estácio por meio da Lei de Incentivo ao Esporte. “Nossa estrutura permite a adequação de espaços públicos para a prática esportiva e visa atender o maior número de crianças e jovens pela garantia de seus direitos”, explica a diretora geral do projeto, Adriana Saldanha, definindo-o como um movimento de mobilização pelo esporte educacional.

Em sua primeira etapa de 2015, a Caravana esteve em Nazaré da Mata, em Pernambuco. Entre os dias 24 e 26 de fevereiro, três mil alunos de escolas locais participaram de atividades esportivas e artísticas, 150 professores e educadores receberam formação básica em esporte educacional e 900 pessoas receberam atendimento básico em saúde (medição de pressão, avaliação nutricional e alongamento) dos alunos da unidade Recife da Estácio.

A próxima etapa da Caravana do Esporte ocorrerá em Porto da Folha, em Sergipe, entre os dias 24 e 26 de março. E a Estácio, mais uma vez, estará presente.

 

foto-1
foto-2
 

Caravana do Esporte é o mais novo projeto apoiado pela Estácio



Estácio - 12/02/2015 às 17:20

Projeto foi criado em 2005 pela aliança entre o Instituto Esporte e Educação, o canal de TV ESPN Brasil e o Unicef

EIdealizado pelo Instituto Esporte e Educação (IEE), da ex-atleta Ana Moser, e realizado em parceria com a ESPN Brasil e o Unicef, o projeto Caravana do Esporte será apoiado pela Estácio por meio da lei de incentivo ao esporte. A primeira etapa do projeto irá acontecer entre os dias 24 e 26 de fevereiro, no município de Nazaré da Mata/PE, impactando cerca de 3.000 alunos das escolas locais e cerca de 150 professores e educadores.

A Caravana do Esporte é um movimento de ação e mobilização social pelo esporte educacional, pelo direito da criança à educação, à cultura, ao esporte e ao lazer. Criado em 2005, reúne professores, atletas, instituições, organizações esportivas.  Desde a sua criação, a Caravana já atendeu diretamente 187 mil crianças e adolescentes e 18 mil professores da rede pública de ensino de 75 municípios, em 16 estados brasileiros.

Os municípios atendidos são indicados pelo Unicef considerando o baixo IDH – índice de Desenvolvimento Humano - e baixo IDI – Índice de Desenvolvimento da Infância. A metodologia é aplicada e coordenada pelo IEE, e a ESPN Brasil transforma as visitas às cidades em documentários jornalísticos com duração de uma hora, veiculados mensalmente na grade de programação da ESPN Brasil.

 

Comitê Olímpico do Brasil certifica Estácio



Estácio - 04/02/2015 às 10:25

O Comitê Olímpico do Brasil certificou a Estácio em agradecimento à parceria concretizada ao longo de 2014 com os projetos Apoio ao Atleta e Academia Brasileira de Treinadores. O primeiro visa oferecer bolsas de estudo a “Atletas Jovens Talentosos”, “Atletas de Alto Rendimento”, e “Atletas em Transição de Carreira” e o segundo tem o objetivo de potencializar os treinadores de atletas de alto rendimento em todo o Brasil.

 

foto-1
 

Esporte e Educação



Estácio - 04/02/2015 às 10:25

Para que os campeões das pistas, piscinas e ginásios tenham sucesso também em outras áreas de suas vidas, o Comitê Olímpico Brasileiro – COB, o Instituto Olímpico Brasileiro – IOB e a Estácio estabeleceram uma parceria que une esporte e educação. Voltado para a formação global de atletas de alto nível, o Projeto de Apoio ao Atleta busca qualificá-los em aspectos como comunicação com a imprensa e gestão financeira, por exemplo, além de prepará-lo para a – por vezes, difícil – transição de carreira.

“Este momento é bastante desafiador para o atleta”, explica a gerente do IOB, Soraya Iida Carvalho. “E a parceira com a Estácio nos auxilia muito neste sentido. Não só com a oferta de bolsas de graduação e pós-graduação, mas também com a orientação vocacional e o planejamento de uma ‘pós-carreira’ esportiva para o atleta”. A parceria envolve 15 atletas de alto rendimento recomendados pelo IOB. Nomes de projeção como Emanuel (vôlei de praia), Nalbert (vôlei), Fabi (vôlei), Marcelinho (basquete), Daiane dos Santos (ginástica artística) ou Gabriel Mangabeira (natação) foram ou estão sendo beneficiados pelas bolsas oferecidas pela Estácio.

“Quando pensamos no legado dos Jogos Olímpicos, pensamos normalmente em equipamentos e infraestrutura. Nosso projeto tenta garantir outro tipo de legado: o humano. O mais importante, na nossa visão, é termos pessoas qualificadas.”

A parceira com a Estácio envolve ainda o Projeto Academia Brasileira de Treinadores, voltado para a formação dos treinadores de nossos atletas de alto rendimento.

 

Estácio firma parceria com FC Porto Brasil e patrocinará seletiva de jovens



Estácio - 14/01/2015 às 11:05

A Estácio firmou parceria com o Futebol Clube do Porto Brasil e patrocinará, pela primeira vez, o Peneirão Band / FC Porto Brasil, uma seletiva oficial do clube na América Latina para descobrir novos talentos e desenvolver potenciais de valores humanos dentro e fora de campo.  Jovens entre 12 e 17 anos podem se inscrever até 31 de Janeiro no www.fcportobrasil.com.br.  As seletivas acontecem entre 23 e 27 de fevereiro e o melhor atleta classificado ganhará avaliação de uma semana no FC Porto, em Portugal, com todas as despesas pagas.

A Diretora de Responsabilidade Social e Parcerias, Cláudia Romano, destaca que dentro de um dos quatro pilares do Programa de Responsabilidade Social, a Estácio através do “Estácio no Esporte”, incentiva projetos e patrocina atletas, tanto em fase de formação como os de alto nível.

“A parceria com o FC Porto Brasil proporcionará o engajamento ainda maior da Estácio em ações de estímulo e incentivo ao esporte e aos jovens atletas brasileiros. Por meio do “Estácio no Esporte”, a instituição apoia mais de 100 atletas, seja por meio de concessão de bolsas de estudos, seja com patrocínio”, afirma Cláudia.

O FC Porto é o clube com mais conquistas da Europa, totalizando 74 títulos oficiais na modalidade futebol, sendo 27 campeonatos, quatro campeonatos de Portugal, 16 taças lusitanas e um recorde nacional de 20 Supertaças Cândido de Oliveira, sete títulos internacionais, nomeadamente, duas Ligas dos Campeões, duas Ligas Europa, uma Supertaça Europeia e duas Taças Intercontinentais.

 

Estácio recebe atletas da ginástica artística



Estácio - 14/01/2015 às 10:55

Recém-chegada ao Brasil, a ginasta Laís Souza esteve no dia 15/12/14 na sede corporativa da Estácio para um encontro com a Diretoria Executiva.  Também estiveram presentes os ginastas Daniele Hypólito e Diego Hypólito, Os três atletas são patrocinados pela instituição de ensino por meio do projeto “Estácio no Esporte”, que apoia esportistas em fase de formação e de alto nível.

Laís deu uma aula de superação ao contar detalhes do grave acidente que sofreu durante a preparação para os Jogos Olímpicos de Inverno e agradeceu o apoio recebido. “A Estácio chegou na minha vida no período que eu mais precisava. Eu não tenho palavras para agradecer todo o apoio. Realmente está sendo muito importante na minha recuperação”, afirmou.

O tratamento experimental com células-tronco pelo qual passou, lhe devolveu alguns movimentos em partes do corpo. Sua lesão passou do estágio completo (sem nenhum movimento abaixo da lesão na vértebra) para incompleto, com maior sensibilidade.

O presidente da Estácio, Rogério Melzi, destacou a determinação da ex-ginasta. “A Laís continua sendo uma atleta. Aliás, este é momento em que ela é ainda mais atleta do que antes. Toda a determinação, a força e a coragem necessárias numa competição, ela vai precisar agora. Esta é a competição mais importante de todas e eu tenho certeza que ela vai sair vitoriosa”, assegurou.

 

foto-1
foto-2
 

Estácio, a universidade oficial da Olimpíada.



Estácio - 02/09/2014 às 18:44

A assinatura do termo de compromisso entre a Estácio e o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) colocou a marca da nossa universidade junto ao maior evento esportivo do mundo. A Estácio já atua no apoio ao esporte e aos atletas brasileiros em diferentes modalidades, tanto em competições individuais como coletivas. Nossas ações sempre buscaram promover a carreira do esportista e também sua vida após as competições. Pensando nisso, apoiamos a educação e a continuidade dos estudos de diferentes atletas por meio de bolsas de estudo.

Agora, com o compromisso firmado com o COB, pretendemos expandir a nossa contribuição, treinando os voluntários que irão trabalhar nessa grande festa, assim como ampliando o apoio a novos atletas e a projetos educacionais que envolvem o esporte. Junto ao COB, teremos um desafio de peso: vamos realizar 1.500 treinamentos diferentes entre cursos presenciais e a distância com mais de 120 mil pessoas treinadas para serem voluntárias. Serão utilizadas seis unidades para treinamento no Rio de Janeiro, em São Paulo, Belo Horizonte, Brasília e Salvador com a participação de mais de 800 docentes da Estácio. “Lembro que essa é uma festa brasileira, e não apenas carioca, pois além do fato de que teremos o futebol em outras praças, todos os brasileiros deverão estar unidos para que essa festa seja mesmo um sucesso com repercussão global. Então, vamos precisar do apoio de todo mundo, todo mundo mesmo, para essa que é a maior festa do esporte mundial” disse Rogério Frota Melzi, Presidente da Estácio.

 

foto-1
foto-2
foto-2
foto-1
 

Estácio vai capacitar 120 mil pessoas para os Jogos Olímpicos Rio 2016



Estácio - 01/09/2014 às 11:55

A Estácio assinou contrato de Apoiador Oficial dos Jogos Olímpicos com o Comitê Organizador Rio 2016 e será uma das principais parceiras na área de treinamento dos Jogos. A instituição de ensino, presente em 20 estados, inclusive no Paraná e no Distrito Federal, com mais de 395 mil alunos, será a responsável pela capacitação das 120 mil pessoas que vão trabalhar no evento esportivo.

O contrato ficará a cargo da área de Soluções Corporativas da Estácio, que vai desenvolver os conteúdos e a aplicação dos treinamentos em parceria com o Comitê Organizador. No total, a Estácio vai criar 1.600 conteúdos de cursos diferentes. São módulos de 4 a 12 horas de duração com temas determinados pelo Rio 2016, como “Excelência em Serviços, “Liderança, entre outros, sendo a maior parte dos cursos de treinamento técnico de funções, entre as 70 instalações de competição e não competição do Jogos.

De fevereiro de 2015 a maio de 2016, será realizada a fase de seleção dos voluntários. A Estácio vai ceder suas instalações em 10 cidades que serão pontos de seleção de voluntários em todo o Brasil.