Logo Estácio



NOTÍCIAS

Estácio e Hospital Pequeno Príncipe



Estácio - 27/03/2017 às 16:00

A Estácio apoia, desde 2013, o Hospital Pequeno Príncipe, maior hospital exclusivamente pediátrico do Brasil. A instituição, localizada em Curitiba, disponibiliza até 70% de sua capacidade ao SUS e realiza, por ano, mais de 300 mil atendimentos a crianças e adolescentes de todo o País.

Referência em pediatria e habilitado em 32 especialidades médicas, o Pequeno Príncipe oferece, há mais de 97 anos, atendimento integral, com excelência técnico-científica e humanização, aos milhares de meninos e meninas que atende todos os anos.

Em 2016, a Estácio aportou no "Cuidado Integral II”, projeto que garante a continuidade dos programas de defesa dos direitos fundamentais de nossos pacientes e o acolhimento humanizado de seus familiares.

O apoio financeiro foi viabilizado por meio do FUMCAD – Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (renúncia fiscal). Essa é uma iniciativa do pilar Estácio Cidadania do Programa Educar para Transformar.

foto-1
 

Fundação Gol de Letra promove projeto de incentivo à leitura e criação de histórias entre crianças e jovens do Caju



Estácio - 27/03/2017 às 16:00

Os jovens da Fundação Gol de Letra tiveram um dia de autores. No dia 11 de março, aconteceu no Rio de Janeiro o lançamento da 9ª edição do Gol de Letrinhas, livro produzido de forma colaborativa durante atividades do Programa Dois Toques da instituição.

São 250 crianças e adolescentes, de 6 a 15 anos, que participam de oficinas de letramento e vão criando histórias, desenvolvendo a escrita e suas narrativas ao longo do ano. O programa promove desenvolvimento integral de seus participantes por meio de atividades esportivas, leitura e escrita, informática e apoio à alfabetização no contraturno escolar.

O lançamento dos trabalhos aconteceu no dia 11 de março, com apresentações e autógrafos dos alunos. Nesta edição, o livro explora o tema “O meu lugar no mundo”, em comemoração aos dez anos da Fundação Gol de Letra no Caju. O evento recebe também exposições, apresentações de teatro, dança e música na Biblioteca Comunitária Carlos Ghosn.

Segundo o coordenador de projetos, Felipe Pitaro, as oficinas de letramento promovem atividades de leitura, escrita, artes e informática a fim de estabelecer uma nova relação com as crianças e jovens, estimulando a criatividade. "Em busca de uma educação participativa, a construção do Gol de Letrinhas foi feita em uma gestão colaborativa, com o envolvimento dos alunos e de suas famílias. Desde o início do ano, alguns alunos formaram uma comissão que participou ativamente de todo o processo de criação desta 9ª edição. E nas últimas reuniões, as famílias propuseram ideias para a celebração dos dez anos da Fundação Gol de Letra no lançamento deste ano", enfatizou.

A Estácio apoia a Fundação Gol de Letra como uma iniciativa do pilar Estácio Cidadania, do Programa Educar para Transformar.

foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
 

Michelin Best Driver



Estácio - 27/03/2017 às 16:00

O MICHELIN Best Driver, programa pioneiro da marca para conscientizar jovens universitários com boas práticas ao volante, chega à terceira edição, inovando mais uma vez. Este ano, a iniciativa ganhará uma campanha online capitaneada pelos influenciadores digitais Paola Antonini, Tavião (Canal do Youtube “Coisas que nunca vivi”) e Mariana e Iberê Thenório (Canal do Youtube “Manual do Mundo”), que teve início em 17 de março em seus canais. Já o lançamento offine aconteceu no dia 16 de março no Campus Estácio Curitiba, e contou com uma série de ações para envolver os estudantes na iniciativa.

“O MICHELIN Best Driver abre um diálogo sobre segurança no trânsito entre os principais alvos de acidentes no Brasil, que são os jovens. Por isso, escolhemos uma linguagem que faz parte do universo deste público”, explica Ana Paula Guimarães, diretora de Marketing da Michelin América do Sul.

Segundo Gilmar Batista, responsável pelo MICHELIN Best Driver, “a nossa proposta é envolver jovens universitários ou em pós-graduação, de 18 a 35 anos, no Desafio Best Driver. Selecionamos três grandes regiões – Grande Rio de Janeiro, Grande São Paulo e Grande Curitiba –, onde disponibilizaremos a instalação de aparelhos de telemetria nos carros, para acompanhar seus hábitos ao volante”.

O objetivo é mensurar o nível de segurança da condução por um mês e premiar os motoristas mais prudentes. Ao final do programa, os dados serão analisados pelo consultor de segurança da Michelin, Eduardo Biavati, para que seja traçado um perfil de como os jovens brasileiros estão dirigindo.

A Michelin disponibilizará para cada uma das cidades participantes 65 aparelhos de telemetria, que poderão ser instalados de forma gratuita. Os interessados deverão se inscrever através do site www.michelin.com.br e, a partir daí, receberão mais instruções para a instalação. As inscrições vão de 17 a 26 de março, e a análise dos dados será feita durante os meses de abril e maio. Será escolhido um motorista de cada cidade e todos ganharão como prêmio um iPhone 7. O grande vencedor entre os três ganhará uma experiência, com acompanhante, na Fórmula E em Montreal, no Canadá. O resultado será anunciado dia 29 de junho.

 

Instituições parceiras da Estácio visitam Rio Open de Tênis.



Estácio - 14/03/2017 às 15:05

A instituição Futuro Bom possibilitou a ida de 30 alunos do Solar ao Rio Open 2017, o maior torneio de Tênis da América do Sul, que ocorreu no Jockey Club Brasileiro entre os dias 20 e 26 de fevereiro.

A mesma instituição convidou o Solar a participar do Projeto Princesinha de Copacabana, em que 12 alunas do 6º e 7º anos terão aulas de tênis segundas, quartas e sextas, das 14h às 15h, na quadra do Copacabana Palace. Todas receberão uniformes, raquetes e alimentação.

Maria Esther Bueno, ex-tenista brasileira, será madrinha do projeto. A ex-atleta foi vencedora de 19 torneios do Grand Slam e considerada como a melhor tenista do mundo pelo International Tennis Hall of Fame.

As alunas do Solar integrantes do projeto poderão participar de competições estaduais e nacionais. A participação em competições dependerá do desenvolvimento de cada uma no projeto, que tem por objetivo dar oportunidade às alunas que passam a responder aos treinamentos com desempenho acima da média dentro e fora das quadras.

Ao completar 18 anos, cada jovem receberá um certificado de participação e uma carta de referência, para facilitar o seu ingresso no mercado de trabalho, ou encaminhamento para clubes, hotéis e academias para aqueles que quiserem e possuírem as qualidades necessárias para trabalhar com tênis. A inauguração do projeto será realizada em março.

A Estácio apoio o Solar Meninos de Luz por meio do pilar Escola e o Futuro Bom pelo pilar Estácio Cidadania, concedendo bolsas de estudos para seus alunos. Os demais pilares do Programa Educar para Transformar são Esporte e Cultura.

foto-1
 

I Exibição de Documentários e Roda de Debate Estácio SP



Estácio - 15/12/2016 às 15:15

No dia 30 de novembro, na Unidade Jabaquara de São Paulo, foi realizada a I Exibição de Documentários e Roda de Debate Estácio SP e Instituto Criar, evento que promoveu a exibição de três documentários premiados na 9ª Edição do Prêmio Criando Asas. O Prêmio foi concebido pelo Instituto Criar, fundado pelo apresentador Luciano Huck e apoiado pela Estácio. Além da exibição, foi realizada uma roda de debate sobre os desafios da produção áudio visual no Brasil e contou com a mediação dos professores do curso de Jornalismo e Comunicação, ex-alunos do Instituto que hoje estudam na Estácio e os produtores dos documentários. O resultado foi um grande intercâmbio de conhecimento, boas práticas e desafios na produção.

O apoio da Estácio ao Instituto Criar é uma iniciativa do pilar Cidadania do Programa Educar para Transformar. A Estácio patrocina o Prêmio Criando Asas desde 2015 por meio da Lei de Incentivo à Cultura – Rouanet.

foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
 

Seminário Direito e Política é notícia na ONU/RIO+



Estácio - 15/12/2016 às 15:03

O I Seminário “Direito e Política”, realizado pelo Laboratório John Rawls (LJR/UNESA) e pela Coordenação do Curso de Direito nos dias 24 e 25 de novembro, discutiu as afinidades e as identidades entre os dois temas e as áreas de pesquisa.

A atividade teve três mesas que discutiram:
• Dimensão política do judiciário, destacando a palestra da juíza do TJRJ Dra. Elizabeth Louro;
• Questões eleitorais atuais, com o pesquisador da UNICAMP Rodrigo Dolandeli;
• Direito ambiental.

Por ter a agência RIO+ World Centre for Sustainable Development como parceira e interessada no debate, o evento foi publicado no sistema United Nations pelo Facebook. Na postagem, estão marcados a Estácio Nova Iguaçu e o Laboratório John Rawls ao lado da Gestora Mundial do PNUD, Helen Clark, da UM Youth e da ONU Brasil. A publicação é acompanhada por uma grande foto realizada no auditório com a participação de estudantes que foram ao palco e que tiveram a oportunidade de compartilhar no Facebook e se aproximar da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável.

 

Rio Eu Amo Eu Cuido “reinaugura” praça na Tijuca a quatro mãos



Estácio - 22/11/2016 às 15:03

Uma pergunta sempre ficou no ar, e sem resposta: por que todas as praças da cidade têm que ser iguais em estilo, cores e brinquedos? Para o movimento Rio Eu Amo Eu Cuido, a lógica seria a praça ser totalmente adequada às necessidades de seus frequentadores e moradores do entorno. Afinal, a praça não é do povo?

Com essa ideia, o Rio Eu Amo Eu Cuido realizou durante um ano o processo de repensar a Praça do Teatro Ziembinsky, na Tijuca/RJ com a ajuda de parceiros, voluntários, moradores da região e frequentadores do local. O objetivo não era apenas dar nova cara, mas ressignificar o próprio entendimento de uso do espaço.

O objetivo – ter uma Praça para ser usada por todos, do jeito que gostam e necessitam para seus momentos de lazer.

No domingo, dia 20 de novembro, a Praça do Teatro Ziembinski finalmente será “reinaugurada” com direito a grande festa, com novos e exclusivos mobiliários urbanos e um grande painel de arte.

Durante os trabalhos, foram realizadas três reuniões abertas ao público para escuta, troca e elaboração de propostas. Todas as ações foram feitas “a quatro mãos”. A partir do dia 20 de novembro, as pessoas terão a oportunidade de conviver com uma nova proposta de praça para a cidade.

A Estácio é patrocinadora do Rio Eu Amo Eu Cuido, um movimento sem fins lucrativos que acredita na melhoria da cidade através de pequenos gestos e atitudes que estão ao alcance de todos. Usando uma comunicação irreverente, ele procura sensibilizar o cidadão e mobilizar voluntários para as ações que têm foco na limpeza urbana, preservação do espaço público e educação no trânsito.

http://www.rioeuamoeucuido.com.br/
Data: 20/11/16
Horário: das 10h às 14h

foto-1
 

Biblioteca Estação Leitura promove 9º Encontro com Territórios com o livro “O Meu Lugar”



Estácio - 01/02/2016 às 15:35

A Biblioteca Estação Leitura, localizada na estação Central do MetrôRio, vai promover o 9º Encontro com Territórios, no dia 28 de janeiro, às 19h. A nova edição terá como tema o livro “O Meu Lugar” que aborda a diversidade cultural de alguns dos mais tradicionais bairros do Rio de Janeiro sob as diferentes visões de 34 cronistas, desde o subúrbio do subúrbio (Cascadura), passando pela rua mais doce (Tijuca), até terminar na Banda de Ipanema ainda com o Albino Pinheiro (Ipanema). O jornalista e poeta Claufe Rodrigues comanda o talk-show com os escritores Luiz Antonio Simas, Marcelo Moutinho, Ana Paula Lisboa e Bárbara Pereira. O Encontro com Territórios reforça a estratégia de "lançamentos sociais", quando o autor (ou autores) autografa seu lançamento que é oferecido gratuitamente ao público. A iniciativa, lançada com o objetivo de investir em estratégias pedagógicas de estímulo à leitura, conta com a apresentação e o patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, da Secretaria Municipal de Cultura, do MetrôRio, do Instituto Invepar e da Estácio e com a parceria da Mórula Editorial. O projeto levará aos leitores da Biblioteca Estação Leitura e aos usuários do MetrôRio um pedacinho dos bairros onde moram ou que possuem um afeto especial em forma de crônica. Um encontro com as várias realidades da cidade do Rio de Janeiro com seus inúmeros e contrastantes territórios que fazem parte da vida dos leitores que passam diariamente na biblioteca.

Os convidados narram as vivências e “costuram” uma colcha de memória e afeto com seu bairro, o seu lugar na cidade. Na sequência, vão autografar 80 exemplares do livro “O Meu Lugar”, que serão distribuídos gratuitamente aos leitores da biblioteca. Além dos cronistas que vão participar do bate papo, o livro conta com textos de nomes como Aldir Blanc, Nei Lopes, Bruna Beber, Moacyr Luz, Fernando Molica, José Trajano, Alberto Mussa, Juliana Krapp, Manuela Oiticica, João Pimentel, Mariana Filgueiras entre outros. Através da visão de cada um dos escritores é possível fazer uma viagem pelos bairros do Rio, suas particularidades e suas curiosidades. Locais como Vila Isabel, Gamboa, Méier, Estácio, Padre Miguel, Irajá, Madureira, Botafogo, Lapa, Copacabana entre tantos outros bairros viram estrelas na obra. Nas palavras de Marques Rebelo, “o Rio é mesmo uma cidade com muitas cidades dentro”, que resume as características tão distintas de cada lugar de uma mesma cidade.

A diretora executiva do projeto, Cristina Oldemburg, explica a importância do novo Encontro com Territórios. “No livro O Meu Lugar, 34 cronistas falam da relação de afeto com 34 bairros que fazem parte das suas vidas, e se aproximam dos nossos leitores com histórias que possam fazer parte da vida de cada um. O livro circula de mão em mão e o público que se identifica com as histórias indica a leitura para pessoas do seu universo de relacionamento.” Oldemburg acrescenta ainda que após o talk-show, o público poderá levar o livro autografado pelos autores convidados, além de poder contar com exemplares disponíveis para empréstimos. “A missão da biblioteca popular é estimular a leitura, formar novos leitores, formar plateia para debate e criar pensamento crítico sobre questões que fazem parte do nosso cotidiano. O sentimento do pertencimento do objeto livro é fantástico, pois a grande maioria dos leitores da Biblioteca Estação Leitura não tem recurso para comprar uma obra literária. Eles esperam ansiosos pelo Encontro por Território”, conta ela.

Sobre os autores convidados:

Ana Paula Lisboa tem 27 anos de idade, é a mais velha de quatro irmãos, filha de dois pretos. É moradora do Complexo da Maré e coordena a metodologia do projeto Agencia de Redes para Juventude.

Bárbara Pereira é jornalista especializada em educação e pesquisadora em memória social.

Luiz Antonio Simas é historiador e professor de História. Pesquisa e escreve sobre as culturas da diáspora africana no Rio de Janeiro.

Marcelo Moutinho é autor dos livros Na dobra do dia, A palavra ausente e Memória dos barcos, além do infantil A menina que perdeu as cores. Organizou, entre outras, as antologias Dicionário Amoroso da Língua Portuguesa, Prosas cariocas e O meu lugar (com Luiz Antonio Simas, pela Mórula).

SERVIÇO:
Encontro com Territórios: “O Meu Lugar”
Local: Biblioteca Estação Leitura, na Estação Central do MetrôRio
Data: 28 de janeiro
Horário: 19h
Evento gratuito

 

Rolé Carioca faz passeio pela nova Praça Mauá



Estácio - 17/11/2015 às 16:50

Patrocinado pela Estácio por meio da lei de incentivo, o Rolé Carioca é um programa concebido por professores de História da instituição que consiste em visitas guiadas a bairros e regiões da cidade. Misturando curiosidades, passado e presente, o Rolé ganha uma edição extra neste final de semana, no sábado, dia 14, às 10h.

A pedido da Secretaria Municipal de Cultura, o passeio vai homenagear uma região que está no centro das transformações por que passa a cidade: a Praça Mauá, revitalizada recentemente. A região portuária do Rio de Janeiro, que inclui a Praça Mauá, está renascendo na cidade. Museus, praças e até um aquário farão parte da nova estrutura do local.

O ponto de encontro vai ser às 10h na própria Praça Mauá, entre os edifícios do Museu de Arte do Rio e o RB1. Como nos demais Rolés, o evento é gratuito e não há necessidade de inscrição. Basta se juntar ao grupo no ponto de encontro. O roteiro prevê o seguinte trajeto: Praça Mauá - Mosteiro de São Bento - Porto/Docas - Museu do Amanhã/Museu de Arte do Rio - Pedra do Sal - Cais do Valongo.

A praça foi transformada em esplanada, sem Perimetral nem tapumes, com vista livre pra Baía de Guanabara, como era no início do século XX, quando havia ali o maior porto do país. A praça ainda lembra o legado africano na cultura e sociedade brasileira, presente na memória da Pedra do Sal e do Cais do Valongo.

 

Estácio realiza o I Fórum de Responsabilidade Social



Estácio - 17/11/2015 às 16:19

O “I Fórum de Responsabilidade Social” da Estácio aconteceu no dia 11 de novembro de 2015 e teve por objetivo apresentar o Programa Educar para Transformar e seus pilares, bem como aproximar os parceiros institucionais que compõem esse programa. O evento, que aconteceu na Educare, Universidade Corporativa da Estácio, reuniu Secretários de Estado, representantes e fundadores de institutos e ONG´s e formadores de opinião.

A Orquestra do Instituto GPA encantou os convidados na abertura do evento. Através de um método inovador, o Método Jaffé de ensino coletivo de cordas, os jovens aprendem a tocar violino, violoncelo, contrabaixo e violas do zero, já em formato de orquestra.

O presidente da Estácio, Rogério Melzi abriu o evento com uma palestra sobre a importância da educação na formação de cidadãos e homenageou personalidades pela sua contribuição para a Cultura, Cidadania, Esporte e Educação: Secretário Municipal de Cultura - RJ Marcelo Calero, Diretor-Fundadordo Instituto Reação Flávio Canto, Secretário Estadual de Esporte, Lazer e Juventude - RJ Marco Antonio Cabral, Sub Secretária de Gestão da Secretaria Estadual de Educação - RJ Patrícia Tinoco e Secretário Municipal de Educação – SP Gabriel Chalita. Placas de reconhecimento foram entregues com o apoio do Vinícius, mascote dos Jogos Rio 2016.

Para falar sobre o programa de responsabilidade social corporativa da Estácio – Educar para Transformar – e seus pilares, o Diretor Executivo de Relações Corporativas e Sustentabilidade foi convidado a subir ao palco. Entre os destaques, foi apresentado o Portal Estácio Voluntário, uma plataforma que reúne as oportunidades de voluntariado geradas pelos institutos parceiros para que os nossos colaboradores possam escolher como contribuir para a sociedade.

Para participar do painel de responsabilidade social, foram convidados Pedro Werneck (Instituto da Criança), Martina Engel (Instituto Kinder), Luiz Alfaya (Instituto Criar) e Joana Miraglia (Instituto Reação). Foram discutidos assuntos de grande interesse para o Terceiro Setor, como investimento social, gestão de negócios sociais, leis de incentivo e formação de jovens em vulnerabilidade social.

O evento foi encerrado com um sorteio que premiou três instituições parceiras. Os vencedores foram:

1 TV – Instituto Marquês de Salamanca
1 TV – Instituto Kinder
1 notebook – IOB – Instituto Olímpico Brasileiro

 

Biblioteca Estação Leitura promove 8º Encontro com Territórios



Estácio - 27/10/2015 às 17:24

A Biblioteca Estação Leitura, localizada na estação Central do MetrôRio, vai promover o 8ª Encontro com Territórios, no dia 11 de novembro, às 19h, com um talk-show comandado pelo jornalista e poeta Claufe Rodrigues. Nesta edição, o convidado é Henrique Rodrigues, autor do livro “O Próximo da Fila”. O romance conta a trajetória de vida do escritor que, durante a adolescência, trabalhou em uma lanchonete fast food e viveu momentos de superação e de luta para conquistar seu espaço.

Claufe comanda um bate papo com o escritor que narra as suas experiências no período em que trabalhou em um dos fast food mais conhecidos do mundo. O autor foca sua narrativa num jovem suburbano e pobre atado ao itinerário escola, trabalho e casa. A obra desvenda o universo no interior de uma lanchonete com seus tipos humanos, tribos, hierarquia, padrões próprios, contradições e afetos, e elabora um retrato ao mesmo tempo mordaz e lírico do Rio de Janeiro dos anos 1990.

O projeto Encontro com Territórios reforça a estratégia de "lançamentos sociais", quando o autor convidado autografa seu lançamento que é oferecido gratuitamente ao público, e tem como tema a abordagem sobre diferentes territórios culturais nas obras. A iniciativa, lançada com o objetivo de investir em estratégias pedagógicas de estímulo à leitura, conta com a apresentação e o patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, da Secretaria Municipal de Cultura, do MetrôRio e do Instituto Invepar e com parceria da Estácio e do Grupo Editorial Record.

Na sequência, Henrique vai autografar 80 exemplares do livro “O Próximo da Fila”, que serão distribuídos gratuitamente aos leitores da biblioteca. O projeto levará aos leitores da Biblioteca Estação Leitura e aos usuários do MetrôRio a realidade e a diversidade cultural da cidade do Rio de Janeiro com seus inúmeros e contrastantes territórios que fazem parte da vida dos leitores que passam diariamente na biblioteca.

A diretora executiva do projeto, Cristina Oldemburg, explica a importância do Encontro com Territórios. “Trazemos para a Biblioteca autores que se aproximam dos nossos leitores com histórias que possam fazer parte da vida de cada um. O livro circula de mão em mão e o público que se identifica com as histórias indica a leitura para pessoas do seu universo de relacionamento.” Oldemburg acrescenta ainda que após o talk-show, o público poderá levar o livro autografado pelo autor para casa, além de poder contar com exemplares disponíveis para empréstimos.. “A missão da biblioteca popular é estimular a leitura, formar novos leitores, formar plateia para debate e criar pensamento crítico sobre questões que fazem parte do nosso cotidiano. O sentimento do pertencimento do objeto livro é fantástico, pois a grande maioria dos leitores da Biblioteca Estação Leitura não tem recurso para comprar para comprar uma obra literária. Eles esperam ansioso pelo Encontro por Território”, conta ela.

Sobre a autor:
Henrique Rodrigues nasceu em 1975 no Rio de Janeiro e é assessor de Literatura do SESC. Lançou livros para crianças e jovens e participou de várias antologias. Pela Record, publicou A musa diluída (poesia, 2006) e Como se não houvesse amanhã: 20 contos inspirados em músicas da Legião Urbana (contos, 2010). Atualmente, o autor organiza uma antologia de contos inspirados nas canções de Noel Rosa.

SERVIÇO:
Encontro com Territórios: “O Próximo da Fila”
Local: Biblioteca Estação Leitura, na Estação Central do MetrôRio
Data: 11 de novembro
Horário: 19h
Evento gratuito

 

Procurador da Lava Jato faz palestra na Estácio Florianópolis



Estácio - 08/10/2015 às 15:38

O procurador da República, Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa do Ministério Público Federal na Operação Lava Jato, fez uma palestra para estudantes, autoridades, imprensa e comunidade na Estácio Florianópolis. O evento, no dia 14 de outubro, marcou o lançamento oficial da campanha “10 medidas contra a corrupção” em Santa Catarina. A realização foi uma parceria do movimento Mude com o Ministério Público Federal e a Estácio.

Cerca de 450 pessoas acompanharam a palestra. Deltan Dallagnol explicou em detalhes cada uma das 10 medidas propostas pela campanha e destacou a importância da iniciativa para a redução da corrupção no país.

O diretor executivo de relações corporativas da Estácio, João Barroso, falou da importância de sensibilizar e mobilizar os estudantes e a sociedade no combate à corrupção no país.

A campanha “10 medidas contra a corrupção” é uma iniciativa sem qualquer vínculo político-partidário, que concentra propostas do Ministério Público Federal para alterar a legislação brasileira e aprimorar o combate a casos de corrupção no país. O objetivo do projeto é coletar assinaturas de cidadãos e cartas de apoio de instituições para que essas propostas sejam apresentadas como projetos de lei de iniciativa popular."

 

Concurso Rio eu amo eu cuido da praça



Estácio - 08/10/2015 às 15:38

Em parceria com a Estácio, o movimento Rio Eu Amo Eu Cuido está lançando o concurso “Rio Eu Amo Eu Cuido – da praça”. Foi escolhida uma praça na cidade do Rio de Janeiro para ser revitalizada e os alunos de Arquitetura e Urbanismo da Estácio estão convidados a participar por meio do envio de propostas que possam ajudar a ressignificar a ocupação da praça.

O prazo para envio dos projetos é até 23/11/2015 pelo e-mail concursodapraca@estacio.br.

Confira todos os detalhes no Regulamento.

Em caso de dúvidas, envie um e-mail para queroajudar@rioeuamoeucuido.com.br

 

Rolé Carioca tem recorde de público em Paquetá



Estácio - 08/10/2015 às 15:38

No último domingo (27), o Rolé Carioca atravessou a Baía de Guanabara novamente, desta vez para um passeio em Paquetá. Com cerca de mil pessoas presentes, este foi o passeio com maior público da história do projeto, que já existe há dois anos e, desde então, é apoiado pela Estácio através da lei de incentivo. Os professores da Estácio Rodrigo Rainha e William Martins deram mais uma verdadeira aula a céu aberto sobre história, cultura, arte e arquitetura da ilha, que é um bairro do Rio de Janeiro e já inspirou muitos artistas e casais românticos. Os passeios histórico-culturais de 2015 fazem parte das comemorações dos 45 anos da Estácio.

Os participantes se encontraram na Praça XV, onde pegaram a barca em direção à ilha. O trajeto foi traçado pelos professores, começando na Praça Pintor Pedro Bruno, passando pela Igreja do Senhor Bom Jesus do Monte, Canhão de saudação a Dom João VI, Árvore Maria Gorda, Praia do Catimbau, Chácara dos Coqueiros e terminando na Pedra da Moreninha.

O Rolé Carioca é um dos mais de 50 projetos apoiados pela Estácio por meio da lei de incentivo.

 

Estácio apoia Prêmio Criando Asas do Instituto Criar



Estácio - 28/09/2015 às 16:27

Como mais uma iniciativa do pilar Estácio Cidadania do programa Educar para Transformar, a Estácio está patrocinando o Prêmio Criando Asas, promovido pelo Instituto Criar. O apoio à instituição já acontece por meio de cessão de bolsas de estudos para estimular os jovens do Criar a darem continuidade aos seus estudos. O Prêmio é patrocinado por meio da Lei Rouanet – Lei Federal de Incentivo à Cultura.

O Prêmio Criando Asas fomenta e viabiliza projetos que usam o audiovisual como ferramenta de transformação social com o objetivo de incentivar o protagonismo social dos jovens do Criar, que multiplicam o impacto social do Instituto com suas próprias mãos e câmeras. Em sua nona edição, serão premiados cinco grupos, com R$ 7 mil para concretizar seus projetos, além de apoio técnico da Usina Criar, que disponibiliza estrutura e equipamentos como câmeras profissionais, kits de iluminação de set, equipamentos de áudio, software de animação, ilhas de edição e finalização de imagem e som aos jovens sem nenhum custo. Os projetos podem ser apresentados por grupos com pelo menos um veterano do Instituto Criar de Tv, Cinema e Novas Mídias. A participação de jovens atuantes em outras organizações sociais e em núcleos de produção independente é esperada e bem-vinda. As inscrições para os projetos estarão abertas de 30/09 a 30/10.

 

Diretor da Estácio é nomeado membro honorário da OAB/RJ



Estácio - 28/09/2015 às 17:27

O Diretor de Relações Corporativas e Sustentabilidade, João Barroso, tornou-se membro honorário da OAB/RJ, como Consultor da Comissão de Advocacia Pro Bono.

A nomeação ocorreu durante a Conferência dos Advogados no Lançamento da Comissão de Advocacia Pro Bono. Na oportunidade, o Frei David, em nome da Educafro, parabenizou a Estácio pela parceria em prol da igualdade racial.

Assista à conferência no canal da OAB/RJ.

 

Estácio e Rock in Rio: por um Brasil e um mundo melhor



Estácio - 11/09/2015 às 18:00

O Rock in Rio 2015, um dos maiores festivais do mundo, renova a aliança com a Estácio, também uma das maiores universidades do mundo, e reforça os atributos da sustentabilidade e da cidadania. Nos 45 anos da Estácio e nos 30 anos do RIR, esta será a terceira edição desta nossa parceria. Mais uma vez seremos a Universidade oficial do Rock in Rio e os maiores beneficiados serão os nossos alunos. Foco no aluno, foco no mercado. Após seis meses de aulas participando do Projeto Aluno Rock Estácio 600 alunos vão trabalhar no RIR2015 em frentes de atendimento ao cliente, organização interna e apoio aos artistas. Serão 600 estudantes da Estácio, de diversos cursos, arregaçando as mangas e participando de uma experiência única de trabalho nos bastidores do festival. Além disso, como nas edições passadas, a TV do Rock in Rio terá a colaboração total de alunos da Comunicação Social da Estácio na produção de entrevistas, captação de imagens, edição e operação. Professoras e gestores da Estácio.. Conheça o site da Estácio Rock in Rio

 

Recursos arrecadados por quadros pintados pelo fundador da Estácio serão doados à hospital



Estácio - 11/09/2015 às 17:12

Foram 10 meses de muito aprendizado, trabalho e dedicação. Com direito a muita mão na massa para colocar em prática o que se aprende em sala de aula. Mais de 770 horas de formação técnica. Mais de 600 horas de formação sociocultural. A turma 11 encerrou o ciclo de aprendizado dentro dos muros do Instituto Criar. E, antes de partirem para vôo solo, os formandos 2014/ 2015 celebraram a nova fase da vida em uma grande e linda no último dia 8 de agosto. O evento reuniu os alunos, veteranos, familiares, amigos, parceiros e equipe do Criar.

Idealizador e diretor-presidente do Instituto Criar, o apresentador Luciano Huck aterrissou em São Paulo especialmente para a ocasião.

O Instituto Criar agradece o apoia da Estácio que gentilmente proporcionou a formatura para os jovens da turma 11.

Sobre o Instituto Criar

Fundado em 2004 pelo apresentador Luciano Huck, o Instituto Criar de TV, Cinema e Novas Mídias tem como missão promover o desenvolvimento profissional, sociocultural e pessoal de jovens por meio do audiovisual. Desde o início de suas atividades, mais de 1.600 moças e rapazes passaram pelo seu Programa de Formação. Mais de 89% dos jovens formados estão trabalhando.

www.institutocriar.org | facebook.com/institutocriar

 

Recursos arrecadados por quadros pintados pelo fundador da Estácio serão doados à hospital



Estácio - 17/06/2015 às 12:12

João Uchôa Cavalcanti Netto, fundador da Universidade Estácio de Sá, escritor, empresário e artista plástico, com exposições na Suiça, Estados Unidos e Rio de Janeiro produziu um exclusivo acervo ao longo de sua notável trajetória. No próximo fim de semana algumas de suas obras estarão à venda a valores simbólicos em benefício do Hospital Pro Criança Jutta Batista.

 

Design na Prática



Estácio - 17/06/2015 às 12:12

Organizada pelo SEBRAE, a 7ª Semana do MicroEmpreendedor ocorreu entre os dias 13 e 17 de abril em vários municípios do país. Com o objetivo de apoiar, orientar e promover o desenvolvimento deste tipo de empresa, o evento atrai um público que é usuário potencial dos serviços de design. Uma oportunidade ímpar detectada pelo Escritório Modelo de Design Estácio que, em Juiz de Fora, prestou consultoria e desenvolveu projetos com os microempreendedores durante o evento, realizado na Praça Antônio Carlos, no Centro.

“Sabendo das dificuldades em abrir uma empresa e dos gastos envolvidos, optamos por realizar o trabalho gratuitamente”, explica o coordenador do projeto e do curso de Design Gráfico, Diego de Souza e Silva. “O maior retorno está na conscientização dos novos empreendedores, nos resultados dos projetos desenvolvidos e na aprendizagem de nossos alunos.”

Há 13 deles no Escritório Modelo. Os estudantes participaram de todas as fases do trabalho, do atendimento ao cliente ao desenvolvimento do projeto, aprendendo a produzir um briefing, a pensar nos problema e a desenvolver as melhores soluções. Mais de 50 microempreendedores foram atendidos pelos futuros designers da Estácio, que criaram logotipos, cartões de visita, folders, flayers, banners, letreiros e peças semelhantes para os clientes da 7ª Semana do MicroEmpreendedor, em Juiz de Fora. Durante o evento, os professores Daniela Brito e Carlos Torres, que também dão aulas na Estácio, deram oficinas gratuitas sobre Design.

 

Do Portal para o Solar



Estácio - 17/06/2015 às 11:38

No último dia da educação, 28 de abril, a Estácio uniu duas pontas de suas atividades, a educação continuada e a responsabilidade social, com resultados altamente positivos. Para marcar a data, foi realizada uma inovadora ação de vendas, cujo resultado era convertido em doações. De um lado, o portal “Você aprende mais”, com seu amplo portfólio de cursos para o aprimoramento profissional. De outro, o Solar Meninos de Luz, uma instituição que apoia jovens em situação de vulnerabilidade social, da qual a Estácio é parceira. A ação durou 24 horas e seu mecanismo era simples: para cada três cursos online vendidos pelo portal, um curso de capacitação profissional era doado para o Solar. Para estimular as vendas, e as doações, os cursos tiveram descontos de até 60% durante a ação, cujo resultado foi excelente. Os 71 cursos vendidos geraram 23 bolsas para o Solar Meninos de Luz, que atua há mais de 20 anos nas comunidades Pavão-Pavãozinho e Cantagalo, no Rio de Janeiro.

 

Startup Nave



Estácio - 12/05/2015 às 12:38

A Estácio criou e mantém um programa de pré-aceleração 100% gratuito, com uma abordagem única e em um ambiente altamente inovador: o Startup NAVE. Ele foi elaborado para decolar Startups após um ciclo de trabalho de cinco meses, envolvendo três etapas distintas e interdependentes: formação, lançamento e órbita. Em resumo, essas etapas de trabalho envolvem atividades como capacitação, validações reais, networking e mentorias com alguns dos principais empreendedores e especialistas do mercado. Uma oportunidade realmente única. A edição de 2015 do Startup NAVE teve início em fevereiro e contou com 142 projetos inscritos, dentre os quais 38 foram selecionados. Destes, 29 Startups foram confirmadas e iniciaram as atividades previstas no programa. Para mais informações sobre o Startup Nave, consulte o endereço: http://inovacao.estacio.br/startupnave/

 

Dia “E” Nacional



Estácio - 28/04/2015 às 11:30
foto-1

O Dia “E” Nacional 2015 será no dia 27 de maio e acontecerá em todas as Unidades da Estácio. É uma ação coordenada pela Diretoria Executiva de Relações Corporativas e Sustentabilidade, por meio da área de Responsabilidade Social e Parcerias, que envolve os gestores coorporativos e acadêmicos, professores e colaboradores administrativos com objetivo de promover a integração entre todas as equipes com ações voltadas para:

• Responsabilidade Social • Foco no Aluno • Foco no Resultado • Intercâmbio de Colaboradores

AÇÕES EXTERNAS

• Serviços gratuitos para a comunidade

Orientação vocacional com inscrição para o vestibular e prestação de serviços gratuitos para a comunidade envolvendo professores e alunos dos cursos de todas as Unidades, nas áreas de Saúde, Ciências Jurídicas, Comunicação e Artes, Educação e Licenciaturas, Gestão e Negócios, Engenharias e Tecnologia da Informação.

• Visitas às empresas e escolas  

Foco no relacionamento com diretores da área de Recursos Humanos das empresas (públicas e privadas) e com os gestores das escolas do ensino médio. O objetivo dessa ação é apresentar todos os nossos cursos de Graduação, Pós-graduação e Extensão tanto na modalidade Presencial quanto EAD, destacando os diferenciais da Estácio.

• Boas-vindas

Na edição anterior, 95 gestores corporativos foram selecionados para recepcionar os alunos nas salas de aula, apresentar os diferenciais da Estácio, estimular a dedicação acadêmica, incentivar os estudos e desejar um ótimo período letivo. Será produzido um roteiro, onde os gestores serão orientados, dessa forma  padronizamos a apresentação da Estácio.

• Posso ajudar?

Na edição anterior, 160 colaboradores foram selecionados para essa ação, e participaram de treinamento com o objetivo de conhecer os processos básicos de atendimento e as instalações das Unidades. O objetivo é dar ao colaborador a oportunidade de atuar na linha de frente de atendimento aos alunos (Secretarias) para que tenha conhecimento de como é o dia a dia nas unidades, os desafios, os processos e a forma de atendimento.

Contamos com você nesse Projeto. Em caso de dúvidas entre em contato pelo e-mail parcerias@estacio.br.

 

COMUNICAÇÃO CIDADÃ



Estácio - 22/04/2015 às 17:15

Uma parceria entre o curso de Jornalismo da Faculdade Estácio de Sá de Juiz de Fora e o Lar de Idosos Santa Luiza de Marillac gerou um projeto inovador, envolvendo uma série de ações de comunicação para gerar uma imagem mais positiva do envelhecimento e da vida dos idosos na sociedade. Coordenado pela professora Melissa Ribeiro, o projeto de extensão “Planejamento de Comunicação do Lar de Idosos Santa Luiza de Marillac” conta com a participação de 10 alunos e envolve 23 moradores e 14 funcionários da instituição, além de 15 voluntários. Sem falar no público externo, que é impactado por um amplo trabalho de comunicação realizado pela equipe do projeto, que envolve a produção de oficinas de rádio e de um mural informativo, a criação e a manutenção do site e da página da instituição no Facebook, além da implantação da Rádio Marillac e da produção de um documentário. “A participação do curso neste projeto tem o intuito de oferecer um campo para a realização de atividades práticas a seus alunos e pretende também despertar nos estudantes sua consciência cidadã, reafirmando o papel do comunicador como agente de transformação social”, explica a professora Melissa Ribeiro. “O envolvimento dos acadêmicos é de extrema relevância para a construção de um futuro diferente para a população idosa do Brasil, uma vez que os estudantes de hoje serão os cidadãos de amanhã.” O projeto teve início em agosto de 2014 e será realizado até junho de 2015.  

foto-1
foto-2
foto-2
foto-2
 

Olimpíada Educar para Transformar – Água e Energia



Estácio - 22/04/2015 às 16:55

Para chamar atenção de seus colaboradores e alunos para comportamentos sustentáveis e promover a redução do consumo de água e de energia, a Estácio lançou a “Olimpíada Educar para Transformar - Água e Energia”. Elaborada nos moldes de uma competição, ela busca reduzir o consumo per capita em seus campi, comparando os desempenhos mensais de 2015 e de 2014.  Ao final da competição, os melhores colocados serão premiados e ganharão um selo de eficiência.

Em paralelo à Olimpíada, será realizado um concurso estimulando alunos, colaboradores administrativos e docentes a desenvolver projetos de redução de consumo de água e energia nos campi. As melhores propostas terão sua implantação patrocinada e serão divulgadas como boa prática em nível nacional.

O resultado da Olimpíada será consolidado em janeiro de 2016 e divulgado no mês seguinte.  

foto-1
 

Professora e empreendedora da Estácio vence o Startup Change Makers no RJ!



Estácio - 01/04/2015 às 08:55

Depois de uma maratona de 54 horas para o desenvolvimento de uma startup o projeto Medme, integrado pela Profa. Alessandra Pontes, venceu o Startup Weekend Change Makers 2015. O evento aconteceu de 27 a 30 de março no Solar Meninos da Luz (Comunidade Pavão-Pavãozinho em Ipanema, Rio de Janeiro) e teve o objetivo de estimular a criação de projetos de impacto social trazendo melhorias para a própria comunidade e as regiões no entorno.

Além da participação no SW Change Markers, a Profa. Alessandra participou do Startup Weekend Education da Estácio realizado em Maceió ano passado, e atualmente faz parte da Risk Life – uma das startups que compõem a Turma 2 da Pré-Aceleradora Startup NAVE. Outros empreendedores das startups Sonar e ISO4ALL, também da Turma 2 do Startup NAVE, estiveram presentes e participaram na formação de outros grupos no Startup Weekend Change Makers.

Sobre a contribuição do programa de pré-aceleração da Estácio, Profa. Alê destacou: “Com as capacitações que venho recebendo no Startup NAVE, consigo trabalhar melhor as ideias para desenvolvimento de novas soluções, que tem potencial de negócio escalável na missão de transformar a realidade no Brasil. Ajudei ao grupo do Medme a defender e validar esse projeto, e agora com essa conquista, acreditamos que as 2 startups Risk Life e Medme podem ser um empreendimento de sucesso com apoio da Estácio.”

Confira reportagem da Globo News sobre o evento com entrevista de Tales Gomes, co-fundador do Plataforma Saúde (startup pré-acelerada na NAVE em 2014.2) e Bernard De Luna, mentor do programa Startup NAVE.

Startup Weekend Change Makers, eventoglobal de empreendedorismo social que aconteceu simultaneamente, em 11 cidades ao redor do mundo nos dois últimos fins de semana de março. Nos dias 20, 21 e 22/03, as cidades de Fortaleza, Berlim (Alemanha), San José (Costa Rica), Antigua (Guatemala) e Hangzhou (China). No último fim de semana, dias 27, 28 e 29, foram realizados no Rio de Janeiro (RJ), Santana do Ipanema (AL), Goiânia (GO), Recife (PE), Guarulhos (SP) e ainda em Tokyo (Japão). No Rio de Janeiro, o SWCM é um oferecimento CDI, com o patrocínio local do Museu do Amanhã, Sebrae, Estácio, Nave, Instituto TIM, Tagarela e Solar Meninos de Luz.

foto-1
 

BELEZA QUE EDUCA



Estácio - 24/03/2015 às 15:20

Localizada entre os bairros de São Cristovão e Benfica, na Zona Norte do Rio de Janeiro, a Praça do Garimpo foi o palco de mais uma intervenção do movimento Rio Eu Amo Eu Cuido, no último 8 de março. Apoiado pela Estácio, o movimento – que não tem fins lucrativos – visa conscientizar os moradores e visitantes da cidade sobre a importância de pequenos gestos que poderiam melhorá-la. Com uma comunicação irreverente e ações criativas, o movimento sensibiliza o cidadão e mobiliza voluntários para ações que envolvam limpeza urbana, preservação do espaço público e educação no trânsito, por exemplo.

Realizada num domingo, a “ocupação lúdica” da Praça do Garimpo foi batizada de “Beleza que Educa” e integrou o calendário oficial de comemorações pelos 450 anos do Rio de Janeiro. A praça ganhou uma reforma estrutural, pinturas nos bancos e postes, canteiros novos e teve a iluminação restaurada. A ação também promoveu atividades para crianças, plantio de mudas e intervenções com grafite por artistas voluntários.

A Praça do Garimpo fica na Rua Lopes Trovão, em Benfica.

foto-1
foto-1
foto-1
 

O bom jornalismo em gestação



Estácio - 18/03/2015 às 10:20

Produzido pelo Núcleo de Jornalismo do Centro Universitário da Bahia – Estácio FIB, o documentário “Parto Humanizado: boas práticas na atenção à saúde da mulher e do bebê” foi adotado pelo Hospital Roberto Santos para orientar suas pacientes e está sendo exibido nas salas de espera de seu Centro Obstétrico, de seu Ambulatório e nos encontros com gestantes nos distritos do Cabula e Itapuã, na Bahia.

O documentário em vídeo apresenta entrevistas com profissionais da área de saúde e acompanha famílias que experimentaram a técnica do parto humanizado no próprio Hospital Roberto Santos, que realiza cerca de 300 partos por mês. “Nosso objetivo foi associar a formação do estudante à teoria e à prática da profissão, promovendo um jornalismo voltado para a sustentabilidade e para as ações humanizadoras”, explica a coordenadora do curso de Jornalismo da Estácio FIB, Antoniella Devanier. Alunos dos cursos de Enfermagem, Fisioterapia e Psicologia também participaram da produção do documentário que, a cada 10 meses, alcançará cerca de três mil gestantes e cinco mil acompanhantes.

 

Núcleo de Acessibilidade



Estácio - 18/03/2015 às 10:00

O Núcleo de Acessibilidade do Centro Universitário da Bahia – Estácio FIB busca implantar e consolidar políticas e ações inclusivas, eliminando barreiras (arquitetônicas, pedagógicas etc.) e criando condições de acessibilidade e permanência das pessoas com necessidades especiais. Formado por uma equipe multidisciplinar composta por docentes, discentes e funcionários do setor administrativo, o Núcleo de Acessibilidade foi criado há cerca de um ano e meio e estabeleceu medidas importantes como:

• rampas de acesso para os prédios do Centro Universitário
• estacionamento privativo para deficientes
• banheiros adaptados
• elevador com prioridade para deficientes, gestantes e idosos
• bebedouros rebaixados para cadeirantes
• aula com recurso de áudio nas disciplinas on line
• material didático digitalizado para leitura em dosvox (que facilita o acesso de deficientes visuais a microcomputadores)

O Núcleo também realizou um censo dos alunos com necessidades especiais no Centro Universitário e os entrevistou para mapear suas reais necessidades, estabelecendo uma série de providências a partir delas. Um bom exemplo é o acompanhamento individualizado no período de aplicação de provas, com adaptações que vão dos simples aumento no tamanho das letras do texto à digitalização das provas para leitura no sistema dosvox. O Centro Universitário conta com 18 pessoas com necessidades especiais.

Conheça nossos parceiros: Instituto Kinder



Estácio - 11/03/2015 às 10:43

O Instituto Kinder do Brasil - IKB apoia 25 projetos sociais e há 12 anos oferece bolsas de estudos para crianças e jovens carentes, promovendo a inclusão social por meio da educação, do esporte e da cultura. Mais de 20 mil jovens já foram apoiados pelo IKB. As bolsas são oferecidas com recursos próprios somados ao auxílio regular de padrinhos – pessoas físicas ou empresas que pagam parcial ou integralmente os estudos de determinado jovem ou criança, colaborando na construção de seu futuro.

“Até 2008, essas bolsas se resumiam aos ensinos fundamental e médio, já que os custos com ensino superior são muito mais vultosos”, explica a diretora do IKB, Martina Engel. “Mas, ao iniciarmos a parceria com a Estácio, nosso grande parceiro corporativo, abrimos as portas do ensino superior e de um futuro ainda mais promissor para nossos garotos. A Estácio oferece bolsas de 50% para nossos alunos e o custo restante é compartilhado entre o IKB e os padrinhos.”

Fundado em 2001, O IKB tem como lema “Ajudar outros a se ajudarem”. De lá para cá, mais de 20 mil jovens e crianças foram apoiados pela instituição. Atualmente, 115 jovens do Instituto Kinder Brasil cursam o ensino superior na Estácio.

foto-1
 

Conheça nossos parceiros: Instituto da Criança



Estácio - 19/02/2015 às 15:05

Fundado em 1994 pelos irmãos Pedro e Carlos Werneck, o Instituto da Criança é uma organização do terceiro setor que promove o empreendedorismo social, apoiando iniciativas que contribuam para processos de transformação social e para o desenvolvimento sustentável. A instituição realiza programas educacionais e projetos de desenvolvimento comunitário, auxilia empresas no exercício da responsabilidade social e apoia iniciativas de cunho social – como abrigos, creches e casas de assistência – no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Por sua atuação destacada, o Instituto da Criança foi listado, por duas vezes consecutivas, dentre as 100 organizações não governamentais mais relevantes do mundo na edição do Top 500 NGO´s. O ranking é organizado pelo The Global Journal, uma mídia independente dedicada a questões de governança global e política internacional com base em Genebra, na Suíça.

A parceria com a Estácio dá oportunidade de ingresso na educação superior para 15 jovens carentes apoiados pelo instituto.

foto-1
foto-2
 

Instituto Reação motiva bolsistas universitários



Estácio - 11/03/2015 às 10:35

Na última quinta-feira, dia 5 de março, aconteceu a primeira reunião de bolsistas universitários de 2015 no polo Rocinha do Instituto Reação. A equipe do Reação buscou reforçar aos alunos a importância e as regras do programa, ouvindo também, de forma dinâmica, a opinião de cada um deles.

Reconhecendo o mérito dos alunos de terem conquistado a bolsa de estudos de 100% na Estácio, Fátima Jundi, coordenadora do Reação Educação, Cecília Canto, coordenadora do Reação Bolsa de Estudos, e Luiza, assistente de coordenação, ressaltaram a responsabilidade que os estudantes têm em mãos e os critérios que devem ser levados a sério para se manterem no programa.

Foi promovida uma dinâmica de grupo para reforçar conceitos importantes como iniciativa, reconhecimento e contrapartida. Ao entender melhor o significado de cada uma dessas palavras e sua interligação, os alunos puderam compreender o tripé para o sucesso no programa e na vida.

“O Reação agregou valores a minha vida como o reconhecimento e a humildade. Hoje eu reconheço a importância da faculdade: é através dela que eu vou ter uma formação. Eu sei quem eu sou hoje, sei o que eu quero da minha vida e aonde eu quero chegar. O Reação foi muito importante para mim nisso” – disse Thiago Ewerlin, atleta do Reação há 9 anos e estudante de Educação Física na Estácio.

O Programa Reação Bolsa de Estudos beneficia atualmente 23 crianças e adolescentes com ajuda de padrinhos voluntários e 19 atletas do Instituto através de parceria com a Estácio.

Texto publicado originalmente em http://www.institutoreacao.org.br/1o-reuniao-bolsistas-universitarios-2015/

foto-1
 

ADITEC comemora cadastro no Edital do SEBRAETEC



Estácio - 19/02/2015 às 15:05

A ADITEC - Agência de Desenvolvimento e Inovação Tecnológica - foi aprovada no edital de cadastramento do programa SEBRAETEC. O programa visa captar instituições de inovação e tecnologia para desenvolver projetos de inovação e incremento tecnológico para micro e pequenas empresas em parceria com o SEBRAE.

O cadastro foi efetuado na modalidade de Oficina Tecnológica, na área temática de Inovação. Esta é uma modalidade que permite a realização de serviços de orientação prática coletiva sobre um determinado fator produtivo. Essa foi a primeira modalidade cadastrada pela Agência e, a medida em que forem obtidos novos atestados de capacitação técnica, ela poderá ampliar seu campo de atuação.

Através do programa SEBRAETEC, as micro e pequenas empresas têm até 80% do valor do serviço subsidiados pelo Sebrae, fato este que torna essa parceria estratégica e de grande importância para a ADITEC.

Criada em 2013, a ADITEC tem a proposta de promover a inovação pelo desenvolvimento de pesquisa aplicada, com sustentabilidade econômica e geração de valor para o setor produtivo. A ADITEC articula os interesses da academia e das empresas, realizando projetos de pesquisa e desenvolvimento com ênfase em tecnologia inovadora.

 

Conheça nossos parceiros: Instituto Criar



Estácio - 12/02/2015 às 12:15

Fundado em 2003 pelo apresentador de TV Luciano Huck, o Instituto Criar de TV, Cinema e Novas Mídias tem como missão promover o desenvolvimento profissional, sociocultural e pessoal de jovens por meio do audiovisual. Anualmente, 150 jovens com idade entre 17 a 20 anos, em situação de vulnerabilidade social e econômica, recebem formação técnica e sociocultural no Instituto.

Com a parceria estabelecida com a Estácio em 2012, o Instituto garantiu o acesso ao ensino superior a 15 destes jovens, possibilitando – por meio de bolsas de estudos –, a continuidade de sua formação educacional e profissional.

O Instituto oferece cursos e oficinas técnicas de animação, áudio, cabelo, maquiagem, câmera, cenografia, computação gráfica, edição e figurino. Além de promover oficinas socioculturais sobre temas como comunicação, criatividade e desenvolvimento pessoal.

Com a parceria com a Estácio, os formandos do projeto têm a oportunidade de ampliar seu conhecimento e se preparar ainda mais para o mercado de trabalho.  

foto-1
 

Conheça Nossos Parceiros: Instituto Fernanda Keller



Estácio - 04/02/2015 às 12:05

O Instituto Fernanda Keller tem como missão a Educação Social, através do esporte, promovendo a socialização e integração social de crianças e jovens com base nas ações integradas envolvendo esporte, saúde, lazer e entretenimento. Por meio dele, a triatleta Fernanda Keller desenvolve, gratuitamente, projetos sociais em Niterói, em conjunto com uma equipe de profissionais especializados, voltados para o atendimento de crianças e adolescentes de baixa renda, com idades entre 7 e 18 anos, todos estudantes da rede pública de ensino.

São projetos que, além de educar para o esporte, visam à formação do indivíduo como um todo, garantindo instruções de várias áreas do conhecimento, alicerçando a cidadania, objetivando o bem-estar físico e mental.

A parceria da Estácio com o Instituto Fernanda Keller garante o acesso de 10 jovens atletas carentes da instituição ao ensino superior.

 

Estácio e Tunnel Lab recebem 21 empreendedores do projeto “Acelera Favela”



Estácio - 04/02/2015 às 10:25

Após um mês de orientações e coaching, jovens estudantes de comunidades carentes apresentaram seus projetos de empreendedorismo na sede da área de inovação da universidade, no Centro do Rio, no dia 30 de janeiro.

Estudantes de comunidades carentes do projeto “Acelera Favela”, promovido pela Estácio e pela ONG Tunnel Lab durante o mês de janeiro, tiveram a oportunidade de apresentar seus trabalhos e aprendizados para executivos e empregadores de grandes empresas, como Google, Shell e Intel. O projeto experimental reuniu 21 jovens de ensino médio, com o objetivo de incentivá-los a empreender e transformar suas realidades por meio de boas ideias e inovação.

Ao longo de todo o mês de janeiro, os estudantes passaram por diversas atividades. A proposta inicial foi trabalhar a autoestima da garotada, que assim ganha maior confiança para acreditar no seu próprio potencial e a consegue desenvolver e criar soluções inovadoras através da tecnologia. Os estudantes, organizados em times de trabalho, passaram por uma imersão em técnicas básicas de tecnologia, empreendedorismo, prototipagem de eletrônicos, APPs, internet das coisas, modelos de negócios e até contabilidade.  As orientações também incluíram conteúdos para que os alunos e alunas entendessem que tecnologia não é consumir um produto em uma loja, mas conquistar um modelo de pensamento diferente, através de experiências novas, conhecimento compartilhado e todo um fazer acontecer criativo.

Todas as aulas aconteceram no NAVE, Núcleo de Aceleração e Valorização da Estácio. Em um ambiente inovador, os estudantes tiveram contato com máquinas de alta tecnologia e internet de grande velocidade. Com isso, desenvolveram modelos de negócios e protótipos eletrônicos.

O programa Acelera Favela atenderá novos alunos no mês de julho. Os estudantes serão selecionados por ONGs parceiras. A iniciativa pretende unir inovação e empreendedorismo a ações sociais.  “Esse é um exemplo de incentivo ao empreendedorismo social tecnológico e faz parte das iniciativas de responsabilidade social e da aposta em Inovação que a Estácio vem fazendo. O Brasil está entre os 20 países que mais consomem tecnologia, mas a sua indústria de tecnologia produz pouco, menos de 0,1 % da tecnologia mundial. Incentivar estudantes de áreas carentes a pensarem em tecnologia aplicada ao dia a dia de suas comunidades e suas realidades pode ser o começo de uma mudança dessa realidade” diz Lindália Reis, diretora de Inovação da Estácio.

 

Conheça Nossos Parceiros: Instituto Reação



Estácio - 27/01/2015 às 15:15

Criado pelo medalhista olímpico Flávio Canto em 2003, o Instituto Reação é uma organização não governamental que promove o desenvolvimento humano e a inclusão social por meio do esporte e da educação, fomentando a prática do judô desde a iniciação esportiva até o alto rendimento. Cerca de mil crianças, adolescentes e jovens a partir de quatro anos são beneficiados em cinco polos na cidade do Rio de Janeiro/RJ – Rocinha, Cidade de Deus (Body Planet), Cidade de Deus 2 (Polo Avançado), Tubiacanga e Pequena Cruzada. A proposta do Instituto Reação é utilizar o esporte como instrumento educacional e de transformação social, formando faixas pretas dentro e fora do tatame. Por acreditar nessa ideia, a Estácio estabeleceu uma parceria com o Instituto em 2014, possibilitando o acesso de 25 jovens, participantes dos projetos do Instituto, ao ensino superior. “Com as bolsas, que oferecem desconto de 100% nas mensalidades, garantimos a permanência de alguns de nossos jovens na universidade e o preparo para sua vida profissional”, explica a coordenadora executiva do Instituto Reação, Joana Passos Miraglia.

foto-1
 

Conheça Nossos Parceiros



Estácio - 09/01/2015 às 09:55

A Estácio tem procurado, cada vez mais, apoiar iniciativas de responsabilidade social que auxiliam atletas e jovens carentes. Dessa forma, diversas parcerias estão sendo firmadas com associações, institutos e ONG´s. O apoio da Estácio se dá mediante a concessão de bolsas parciais de estudo e visa inclusão social desses jovens com acesso ao ensino superior. Em contrapartida, os indicados que estudam conosco cedem sua imagem para que sejam utilizadas em campanhas de comunicação, palestras e eventos acadêmicos. As parcerias propõem também exposição da marca Estácio nas peças de comunicação dos parceiros, envolvimento dos alunos como voluntários nos eventos, ativações nas redes sociais e assessoria de imprensa.

Apresentaremos cada uma dessas iniciativas na série “Conheça nossos parceiros”. Enquanto ela não começa, veja a lista com algumas das instituições e ações apoiadas:

Comitê Olímpico Brasileiro / Instituto Olímpico Brasileiro
Instituto Fernanda Keller
Instituto Criar
Instituto da Criança
Instituto Kinder do Brasil
Instituto Reação
Instituto Guga Kuerten
Fórum Internacional Gols pela Vida
 

foto-1
foto-2
 

Descarte Solidário



Estácio - 27/11/2014 às 11:40

Para destinar de maneira correta os equipamentos danificados ou em desuso em suas unidades, a Estácio implantará, ao longo de 2015, o seu programa de coleta de resíduos eletrônicos. A iniciativa foi testada com sucesso nas unidades de São Paulo e do Rio de Janeiro, em um projeto-piloto realizado em novembro e dezembro do ano passado. Com assessoria de uma empresa especializada na gestão sustentável de resíduos eletroeletrônicos, a Recicladora Urbana, oito toneladas de equipamentos foram coletados e corretamente destinados. O material originou receita social e equipamentos prontos para reuso do Comitê de Democratização à Informática – CDI, uma ONG que trabalha pela transformação social provendo acesso à tecnologia da informação a comunidades desfavorecidas. O programa será ampliado, em breve, para as demais unidades da Estácio.

 

Jogos Olímpicos e Voluntariado



Estácio - 27/11/2014 às 11:40

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 promoveu, no último dia 11, uma palestra sobre o Programa de Voluntariado Olimpíadas 2016. Realizado na Unidade Nova Iguaçu, o evento  divulgou o programa e promoveu a proximidade entre os atletas e nossos alunos, valorizando o trabalho voluntário e incentivando-os a fazer parte de um dos maiores eventos esportivos do mundo. A palestra  contou com a presença do triatleta Rychard Hryniewicz Junior, que representou o Brasil nos mundiais de Cross Triathlon e Meio Ironman e participou de mais de 200 competições no Brasil, Oceania, Ásia, Europa e nas Américas.

O Espaço Estágios e Empregos - E3 da Estácio também participou do evento, ressaltando para nossos alunos a importância do trabalho voluntário para o enriquecimento de seu currículo profissional, ampliação da rede de relacionamentos, convivência com pessoas de outras culturas e aprendizado nos treinamentos que serão oferecidos ao longo de todo processo seletivo. Aprofundando sua parceria com a Estácio, o Comitê Organizador solicitou estudantes das áreas de Administração e Recursos Humanos para atuarem no processo seletivo dos voluntários, possibilitando a participação de nossos alunos antes mesmo de o evento acontecer.

As palestras ocorreram no auditório da Unidade Nova Iguaçu, nos turnos da manhã e da noite, envolvendo alunos de diversos cursos de graduação presencial e EAD, além de alunos do PRONATEC.

foto-1
foto-2
foto-2
 

Carona Solidária



Estácio - 06/11/2014 às 10:45

Uma iniciativa sustentável e extremamente simpática surgiu em agosto deste ano no Campus Menezes Cortes, no Rio de Janeiro: o Projeto Carona Solidária. Criado e desenvolvido pela Comissão Própria de Avaliação – CPA da UNESA, o projeto é  coordenado pela professora Márcia Sleiman e busca diminuir o número de veículos na rua e economizar o tempo e o custo nos deslocamentos, promovendo a integração entre alunos, professores e funcionários da Estácio.

“Fizemos uma campanha para criar uma rotina de ajuda recíproca, estimulando uma maior interação e integração entre esses três segmentos”, explica Márcia. A dinâmica projeto é simples. Os professores “solidários” disponibilizam seu horário e percurso do dia em quadros especialmente definidos para este fim, possibilitando que os interessados – carinhosamente apelidados de caroneiros – usufruam da gentileza.  A proposta deu tão certo que será mantida no ano que vem.

foto-1
foto-2
foto-2
foto-2
 

Projeto Estampando Sonhos



Estácio - 23/10/2014 às 11:05

O projeto Estampando Sonhos é realizado com crianças hospitalizadas no setor da Oncologia, Ortopedia e Ambulatório do Hospital Joana de Gusmão em Florianópolis sendo desenvolvido pelos estagiários voluntários do Núcleo de Design de Moda. Os objetivos principais desse projeto são:

• Aumentar a auto- estima das crianças
• Proporcionar momentos lúdicos, para que elas se sintam mais confortáveis  e dispostas no ambiente hospitalar, visto que estudos comprovam que atividades lúdicas melhoram
• consideravelmente  o estado de saúde dos pacientes.
• Introduzir o aluno de Design de Moda em questões sociais.
• Desenvolver camisetas que se transformem em renda para o hospital.
• Eles interagem diretamente com as crianças através de histórias ou temas, e elas desenvolvem desenhos, que são transformados em estampas de camisetas. As que são vendidas e tem sua verba revertida para o Hospital.

http://estaciomoda.com.br/alunos-da-estacio-promovem-projeto-social-com-criancas-internadas/#VD13vrDF91a

foto-2
foto-2
foto-1
foto-2
foto-2
 

Apoio jurídico online para comunidades pacificadas no Rio de Janeiro.



Estácio - 02/09/2014 às 18:52

O Núcleo de Práticas Jurídicas da unidade Dorival Caymmi , em Copacabana (Rio de Janeiro) realiza atendimentos jurídicos presenciais e online, patrocinando os interesses daqueles que não possuem condições econômicas para contratar advogado, além de participar de inúmeras ações sociais junto às comunidades do Pavão- Pavãozinho e do Cantagalo, favelas localizadas na zona sul carioca. O trabalho é desenvolvido por advogados orientadores, alunos e estagiários do curso de Direito. A iniciativa de utilizar uma conexão online promoveu a possibilidade de atendimento a moradores dessas comunidades, de diferentes idades, sem a necessidade destas pessoas descerem e subirem as escadarias, agilizando processos e orientações jurídicas.

foto-5
 

Estácio Ceará e a Universidade Estadual do Ceará (UECE) fecham parceria em Arquitetura.



Estácio - 26/08/2014 às 11:35

O Projeto de Retrofit das Áreas Externas do Centro de Humanidades (CH) foi iniciado a partir de uma parceria firmada entre o Centro Universitário Estácio do Ceará e a Universidade Estadual do Ceará (UECE). Trata-se de um projeto de responsabilidade social que tem como fim o impacto positivo para a sociedade, através da práxis acadêmica voltada à educação transformadora. Imbuído deste conceito, o trabalho do Escritório Modelo do Curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Estácio do Ceará, vai contribuir para a melhoria dos espaços externos do CH, através da aplicação dos conhecimentos e competências adquiridas pelos alunos e professores do curso, integrando teoria e prática, muito além da sala de aulas.

O Projeto de Retrofit das áreas externas do CH contempla a intervenção de fachadas, visando a desobstrução da circulação a partir do remanejamento de máquinas condensadoras de ar condicionado e a criação de passeios adequados às normas de acessibilidade; a recuperação da pavimentação do estacionamento existente, contemplando sua permeabilidade e adaptação aos transportes alternativos e a requalificação da área de cantina, transformando-a em praça de alimentação com espaços contemplativos.

O projeto encontra-se em fase inicial, tendo sido apresentada sua primeira proposta à Pró-Reitoria de Extensão (PROEX) e equipe de técnicos. Seguindo o processo, após adaptações e modificações sugeridas em conjunto, será realizado o projeto executivo, a ser também encaminhado pela UECE.

Publicado originalmente em http://www.uece.br/uece/index.php/noticias/91239-uece-faz-parceria-para-reforma-do-predio-do-ch - 07/2014.

foto-5
 

Responsabilidade social é a meta!



Estácio - 20/08/2014 às 10:47

A Estácio entrou para valer em mais uma edição do Dia da responsabilidade Social da ABMES - Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior. Desta vez, durante uma semana inteira, a ABEMS promove e divulga iniciativas sociais e cidadãs de instituições de ensino de todo o Brasil.

Com a iniciativa, as instituições participantes podem utilizar o “Selo Instituição Socialmente Responsável”, conferido pela ABMES que certifica que a IES participou da Campanha da Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular e está verdadeiramente engajada com o ensino responsável.

Para receber o selo, a instituição deve aderir à campanha e promover, no período proposto pela ABMES, uma mostra das atividades voltadas à responsabilidade social que realiza ao longo do ano. Em 2014, as ações serão concentradas no período de 15 a 20 de setembro.

 

Apoio ao Solar Meninos de Luz.



Estácio - 18/02/2014 às 12:50

A Estácio, cujo foco das ações de Responsabilidade Social Corporativa é no desenvolvimento da educação brasileira, em especial no Ensino Médio, entrou com total apoio ao Solar Meninos de Luz, instituição beneficente no Pavão-Pavãozinho, em Copacabana – RJ, que promove educação integral para jovens em situação de risco social há 23 anos.

Na foto o Diretor Executivo de Finanças e RI, Virgílio Gibbon, e o Presidente da Estácio, Rogério Melzi, assinaram o contrato que prevê apoio financeiro, bolsas para ex-alunos, funcionários e futuros formandos. A equipe do campus Dorival Caymmi também esteve presente no evento, fortalecendo a parceria.

foto-4
 

Estácio promove I Workshop de Gestão para o Terceiro Setor

>

Estácio - 19/08/2014 às 12:45

No seu programa de Responsabilidade Social Corporativa – Educar para Transformar - a Estácio promoveu o I Workshop de Gestão para o Terceiro Setor, formatado com exclusividade para o Solar Meninos de Luz, instituição sem fins lucrativos apoiada pela Estácio.

O encontro reuniu gestores da área de Sistemas de Gestão da Estácio e a equipe de funcionários e diretores do Solar para identificarem os principais objetivos estratégicos da instituição a partir de 5 pilares: Financeiro, Processos, Pessoas & Cultura, Acadêmico e Comunidade Apoiada. 

O evento aconteceu no dia 14 de agosto, na unidade Dorival Caymmi, em Copacabana, no Rio de Janeiro/RJ, que cedeu suas instalações e recursos para viabilizar a reunião. Ainda em agosto, a Estácio irá reunir novamente a equipe do Solar para a realização do II Workshop de Gestão com o objetivo de orientar o desenvolvimento de planos de ação. Essa etapa vai contar novamente com executivos da Estácio que, de forma voluntária, irão ceder o seu tempo e seus conhecimentos. 

“Foi muito importante para nós, do Solar, a oportunidade que nos concederam de visualizar e discutir sobre os diversos processos que ocorrem simultaneamente no Solar com vistas ao atingimento de objetivos e metas.” – disse D. Iolanda Maltaroli, idealizadora e dirigente do Solar Meninos de Luz. "Apoiamos o Solar Meninos de Luz não só com o aporte de recursos financeiros, mas também estimulando nossos gestores a participarem do projeto de forma voluntária, buscando compartilhar o modelo de gestão da Estácio e que adotamos na nossa administração. Além disso, também oferecemos bolsas de estudo para ex-alunos da Escola Solar e o acesso aos nossos canais de vagas de empregos e estágios. Também é importante ressaltar que alguns projetos de extensão universitária já estão acontecendo, envolvendo, por exemplo, os cursos de Arquitetura e de Direito, tanto no Solar quanto na própria comunidade do Pavão-Pavãozinho", disse Luiz Antônio Gaulia, Gerente de Sustentabilidade da Estácio.

foto-1
foto-2
foto-2
 

TI Verde em Ourinhos



Estácio - 20/08/2014 às 12:26

O projeto da TI Verde da Estácio em Ourinhos (SP) tem por objetivo disseminar os conceitos de TI Verde junto ao corpo docente e discente do curso de Redes de Computadores fomentando o desenvolvimento de ações de conscientização no sentido de viabilizar a coleta e a correta destinação do lixo eletrônico.

Além disso, visa também a otimização dos computadores em ambiente de rede, no sentido de maximizar as vantagens de utilização dos servidores, internet e o compartilhamento de dispositivos, trazendo como consequências no âmbito da sustentabilidade a diminuição no consumo de energia.

No Rio de Janeiro, a unidade da Estácio na Barra da Tijuca (Tom Jobim) realizará uma ação considerada piloto para reaproveitar computadores obsoletos na capacitação de jovens e adultos em situação de vulnerabilidade social. A parceria acontece junto com a Fábrica Verde, uma instituição voltada para a inclusão social e a geração de renda.

 

Brinquedoteca



Estácio - 20/08/2014 às 12:26

No Amapá, alunos e docentes de Fisioterapia da Estácio realizaram a atividade da Brinquedoteca Itinerante na APAE, do município de Santana (AP). A ação de extensão universitária trabalhou atividades recreativas voltadas ao desenvolvimento da psicomotricidade, de recreação, uso de fantoches, utilização de pintura de rosto e jogos educativos criativos e culturais em grupo, estimulando a disseminação da cultura local de forma mais próxima das crianças da APAE e que requerem cuidados especiais.

 

Projeto de Extensão – Fisioterapia na Escola



Estácio - 04/09/2014 às 11:55

Uma ação alinhada ao modelo de responsabilidade social da Estácio, o Projeto de Extensão Fisioterapia na Escola já trabalhou com alunos e professores da Estácio, em Santa Catarina, impactando um total de 502 alunos das Escolas Básicas Rosa Torres de Miranda (Florianópolis/SC) e Américo Vespúcio Prates (São José/SC). As oficinas envolveram temáticas sobre o corpo humano, higiene e a prevenção de doenças. Dentro desse projeto, a Estácio também concretizou uma parceria com o Projeto da RBS Amigos da Escola, ministrando oficinas ligadas ao universo da fisioterapia em eventos realizados em escolas públicas em Florianópolis. Para os próximos meses a proposta é incluir o tema da prevenção de queimaduras, em parceria com a Sociedade Brasileira de Queimaduras.

foto-1
foto-1
foto-1
 

Projeto de Estimulação Psicomotora



Estácio - 21/10/2014 às 18:26

Desde 1999 a Estácio oferece às comunidades menos favorecidas das adjacências de seus campi na cidade do Rio de janeiro, o Projeto de Estimulação Psicomotora do curso de Fisioterapia. Dessa forma  proporciona às famílias que têm em seu seio crianças de 0 a 3 anos com transtornos psicomotores em seu desenvolvimento, um atendimento ambulatorial em fisioterapia e psicomotricidades de extrema qualidade. Os alunos aprendem, na prática, como avaliar e como cuidar de tais transtornos, sempre supervisionados por seus professores. Mais de 1500 famílias já se beneficiaram deste projeto que, nestes anos, conta também com a parceria de diversas instituições de educação e saúde do sistema público entre elas Hospital Jesus, Hospital Salgado Filho e também do sistema privado (Clínica Dona Meca, Clínicas/escola de Fisioterapia da Universidade Estácio de Sá). Assim, alunos trabalham de forma prática os conhecimento teóricos adquiridos em sala de aula.   Fonte desta notícia: Professora Vera Lucia de Mattos  (UNESA)

 

Responsabilidade Social em Pauta



Estácio - 16/12/2014 às 16:26

A Responsabilidade Social Corporativa da Estácio faz parte do DNA da nossa marca. Pensando nisso, a Gerência de Comunicação Corporativa e Sustentabilidade e a Diretoria da Estácio FARGS elaboram encontros periódicos para debater esse tema.  Mais do que promover a capacitação de nosso pessoal, esses encontros são uma grande oportunidade para aprofundarmos o conhecimento sobre o programa de responsabilidade social da Estácio, lançado recentemente, e para discutirmos ações específicas locais dentro de nosso contexto corporativo. A participação de todos é fundamental para aperfeiçoarmos cada vez mais o nosso modelo. Fiquem atentos ao calendário de oficinas de 2015 e levem suas críticas e sugestões!  

foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1
foto-1