banner


Seguros


Automóvel

 

Perguntas mais freqüentes

:: Coberturas
:: Bônus
:: Franquias
:: CEP de risco
:: Sinistro
:: Serviços
:: Valor de mercado referenciado
:: Vistoria prévia
:: Kit gás

 

COBERTURAS


Contratando a Cobertura Compreensiva, estou coberto em caso de submersão do veículo em uma enchente?

Sim. A Cobertura Compreensiva garante o pagamento dos prejuízos decorrentes de danos causados ao veículo em caso de colisão, abalroamento, capotagem, queda em precipícios e de pontes, queda acidental sobre o veículo de qualquer objeto ou substância que dele não faça parte integrante e não esteja afixado, granizo, furacão ou terremoto, submersão total ou parcial, incêndio, explosão, raio e suas conseqüências, roubo ou furto, total ou parcial, respeitado o Limite Máximo de Indenização estipulado na apólice de seguro.


Preciso contratar a Cobertura de Danos a Terceiros?

Não, por ser uma cobertura opcional. Entretanto, é extremamente importante que o seu seguro garanta o pagamento de indenização por danos causados a estas pessoas (danos materiais e danos corporais e/ou morais), por ser muito comum ocorrer acidentes envolvendo terceiros.


A Cobertura de Danos a Terceiros inclui a Cobertura de Danos Morais?

Não. Você pode contratar Cobertura de Danos Materiais e/ou Danos Corporais causados a terceiros, não incluindo a Cobertura de Danos Morais.


Posso contratar somente a Cobertura de Danos a Terceiros?

Sim. Você pode contratar as coberturas que lhe forem mais adequadas.


Qualquer objeto que esteja dentro do meu veículo estará coberto em caso de acidente?

Sim, desde que você opte pela cobertura de acessórios. A partir daí qualquer objeto que esteja fixado permanentemente ao veículo deverá ser informado, dentre eles aparelhos de CD, rádio, toca-fitas ou alto-falantes, para que estes estejam cobertos em caso de acidente de trânsito, roubo ou furto total ou parcial do veículo. Esses objetos devem constar na vistoria do veículo ou na nota fiscal do mesmo.


O meu veículo é blindado. Como posso informar?

Caso o seu veículo seja blindado (mesmo que seja de fábrica), você deve informar o valor da blindagem separadamente do valor do veículo.


Viajando para fora do país de carro, estou coberto?

O seguro possui cobertura em todo o Brasil e nos países do Mercosul.


Qual é a diferença entre a Reposição pelo Valor de Novo por três ou por seis meses?

Esta cláusula é válida apenas para veículos 0km e garante a reposição do veículo pelo valor de 0km na Tabela FIPE. A contratação de cobertura pelo Valor de Novo por 6 meses estende a garantia por este prazo.



BÔNUS


Como vou saber se tenho direito a bônus e qual é o bônus?

Você só tem direito a bônus se estiver renovando o seu seguro em função do histórico de eventos (sinistros) do Segurado. Caso esteja renovando, para saber o seu bônus anterior, você deve verificar em sua apólice de seguro no campo Bônus. Se você estiver renovando o seu seguro sem sinistro na apólice anterior, você deve aumentar uma classe do seu bônus; caso tenha ocorrido sinistro, você deve reduzir uma classe para cada evento ocorrido; e, caso tenha cancelado sua apólice (até no máximo 180 dias, para renovação própria, e em até 90 dias, no caso da apólice anterior ser de congênere), você deve manter o bônus.


Posso transferir o meu bônus para meu pai (mãe), filho (a), marido (mulher)? Em caso de falecimento, o bônus pode ser transferido?

Não. O bônus é pessoal e intransferível, mesmo para casos de falecimento. Nos casos em que o proprietário e principal condutor do veículo passa a ser o pai (mãe), filho (a), marido (esposa), o bônus poderá ser transferido, desde que o veículo seja o mesmo.


FRANQUIAS


Como funciona a franquia?

A franquia é sua participação em caso de sinistro de dano parcial ao veículo. O sinistro somente será informado à Seguradora se o valor dos prejuízos for superior ao valor da franquia.


Em caso de sinistro em que for devida a indenização integral do veículo ou somente com Danos a Terceiros, não há franquia.


Qual é a diferença entre a Franquia Obrigatória, a Reduzida e as Facultativas?

A Franquia Obrigatória é a padrão informada pela Seguradora como participação obrigatória do Segurado.


A Franquia Reduzida é ideal para Segurados que queiram pagar um pouco mais pelo seguro para, em caso de sinistro, participar com um valor menor.


As Franquias Facultativas são ideais para Segurados que queiram pagar um pouco menos e, em caso de sinistro, participar com um valor maior.



CEP DE RISCO


Moro em uma cidade no interior do Rio de Janeiro, mas o local onde mais circulo é a cidade de Rio de Janeiro (região metropolitana do Rio de Janeiro). Qual CEP de Risco devo informar?

Você deve informar o CEP onde o veículo pernoita.



SINISTRO


Como é paga a indenização em caso de leasing?

A indenização sempre é paga ao proprietário do veículo. No caso de veículos financiados ou alienados, a indenização é paga ao credor da garantia até o limite do crédito, cabendo ao Segurado receber dele a parcela da indenização que exceder o valor do débito que apresentar para com aquele credor.



SERVIÇOS


Se eu não contratar o serviço de Assistência Auto Dia e Noite, como será feito o reboque do veículo em caso de sinistro? Terei que pagar?

Não. Mesmo que você não contrate o serviço de Assistência Auto Dia e Noite, em caso de sinistro, é oferecido o serviço de reboque do veículo para a oficina mais próxima, sem custo adicional.


Contratei o serviço de Auto Reserva (por 15 dias, em caso de perda parcial, e por 30 dias, em caso de sinistro em que for devida a indenização integral) e já o utilizei durante 10 dias. Poderei utilizar novamente?

Sim. O serviço poderá ser utilizado até o número máximo de dias contratados, isto é, poderá ser utilizado por mais cinco dias, em caso de perda parcial, ou 20 dias, em caso de sinistro em que for devida a indenização integral.



VALOR DE MERCADO REFERENCIADO (Tabela FIPE)


O que é o Valor de Mercado Referenciado (VMR)?

É uma modalidade que, nos casos em que for devida a indenização integral do veículo, usa como base os valores indicados na Tabela FIPE.


O que é a Tabela FIPE?

É uma tabela com preços de veículos desenvolvida pela FIPE - Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas da Universidade de São Paulo.


Essa tabela apura o valor médio de mercado dos veículos e é elaborada com base em pesquisas realizadas em todo o país, apresentando um valor médio de mercado para cada ano e modelo de veículos nacionais e/ou importados existentes.


Qual é a diferença entre o Valor de Mercado Referenciado e o Valor Determinado?

No Valor de Mercado Referenciado, a indenização, em caso de sinistro em que for devida a indenização integral, corresponderá ao valor do veículo na Tabela FIPE na data de pagamento do sinistro.


No Valor Determinado, a indenização, em caso de sinistro em que for devida a indenização integral, corresponderá ao valor informado pelo Segurado e impresso na apólice de seguro.


E se o valor da Tabela FIPE não corresponder ao valor do veículo?

Se você acha que o seu veículo vale um pouco mais ou um pouco menos do que o valor de mercado apresentado na Tabela FIPE, poderá ajustar este valor para cima ou para baixo através de um fator em percentual: o Fator de Ajuste.


No caso de sinistro, qual será então o valor da indenização?

O valor da indenização será igual ao valor constante na Tabela FIPE vigente na data de liquidação do sinistro ajustado pelo Fator de Reajuste.


Qual é a vantagem do Valor de Mercado Referenciado?

Você passa a ter um critério absolutamente claro para a definição do valor a ser indenizado, no caso de sinistro em que for devida a indenização integral envolvendo o seu veículo.


Qual é a vantagem de utilizar a Tabela FIPE?

A FIPE é uma instituição com competência, independência e credibilidade, e a tabela satisfaz as necessidades do mercado de seguros, sendo mensalmente atualizada.


Como posso consultar a Tabela FIPE?

Os valores poderão ser consultados pela internet no site www.fipe.com.br.


Caso o meu veículo não conste na Tabela FIPE, de que forma poderá ser contratado o seguro?

Poderá ser contratado pelo Valor Determinado.



VISTORIA PRÉVIA


Qual é o prazo de validade da vistoria prévia?

A vistoria vale por 5 dias corridos, antes ou depois do início da vigência.


Preciso realmente efetuar a vistoria prévia?

Somente é necessário efetuar vistoria nos seguintes casos:

- Seguro novo: você nunca fez seguro do seu veículo e o mesmo não é 0km.
- Veículos novos adquiridos em revendas não autorizadas.
- Veículos novos após 72 horas da emissão da nota fiscal e/ou retirado da concessionária.
- Renovação de outras companhias.
- Se o veículo tiver mais de 10 anos de uso.


KIT GÁS


Como o segurado deve proceder para contratar o seguro com o kit gás?

Basta solicitar a inclusão da cobertura para o kit gás e informar o valor constante na nota fiscal. Assim, em caso de sinistro, o kit gás estará coberto.

 

© Estácio Participações S.A. Todos os direitos reservados.

Fale com a Estácio Relação com Investidores Trabalhe na Estácio